Geral

Morador de Cerro Grande do Sul precisa de doadores de sangue

Idoso de 82 anos está internado desde o último sábado (20), e aguarda pela cirurgia que será amanhã
22/02/2021 - 13h25min Corrigir

Um homem com 82 anos está necessitando de doadores de sangue. Bonifácio Bortolotti Garcez é morador de Cerro Grande do Sul e irá realizar uma cirurgia no fêmur, que está agendada para esta terça-feira (23).

Ele precisa com urgência de doadores do tipo sanguíneo  O- . O processo de doação é feito no banco de sangue do Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA). Garcez se encontra baixado no hospital desde o último sábado (20).

De acordo com familiares, as pessoas que quiserem fazer a doação de sangue podem entrar em contato com Eduarda, através do telefone (51) 99563-7828.

"Adote o bem, doe sangue e salve vidas!"

Para doar, é necessário cumprir alguns requisitos de saúde, como:

  • ter entre 16 e 69 anos;
  • estar em boas condições de saúde;
  • pesar no mínimo 50 kg;
  • medir no mínimo 1,50 m
  • estar descansado e bem alimentado;
  • não fumar 2 horas antes da doação.

Além disso, é preciso apresentar documento com foto e menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis.

Impedimentos temporários, conforme protocolos do Ministério da Saúde:

  • Gripe, resfriado e febre: aguardar sete dias após o desaparecimento dos sintomas;
  • Período gestacional;
  • Período pós-gravidez: 90 dias para parto normal e 180 dias para cesariana;
  • Amamentação: até 12 meses após o parto;
  • Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;
  • Tatuagem e/ou piercing nos últimos 12 meses (piercing em cavidade oral ou região genital impedem a doação);
  • Extração dentária: 72 horas;
  • Apendicite, hérnia, amigdalectomia, varizes: 3 meses;
  • Colecistectomia, histerectomia, nefrectomia, redução de fraturas, politraumatismos sem sequelas graves, tireoidectomia, colectomia: 6 meses;
  • Transfusão de sangue: 1 ano;
  • Vacinação: o tempo de impedimento varia de acordo com o tipo de vacina;
  • Exames/procedimentos com utilização de endoscópio nos últimos 6 meses;
  • Ter sido exposto a situações de risco acrescido para infecções sexualmente transmissíveis (aguardar 12 meses após a exposição).

Impedimentos definitivos, também segundo o ministério:

  • Ter passado por um quadro de hepatite após os 11 anos de idade;
  • Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue:  Hepatites B e C, aids (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas;
  • Uso de drogas ilícitas injetáveis;
  • Malária.

MAIS NOTÍCIAS

ELETRO CLIC
SUPER SÃO JOSÉ
MÁRIO SERRALHEIRO
ART MÓVEIS
ROGÉRIO CALÇADOS
OLIDATA
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
FUNERÁRIA BOM PASTOR
CAMPANHA CONTRA COVID
PADARIA ESTRELA
ADRIANO CONRADO
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +