Mundo

COVID-19: pessoas vacinadas ainda podem contrair o vírus?

Confira na matéria!
25/03/2021 - 14h35min Tecmundo Corrigir

Uma dúvida que tem incomodado muitas pessoas já imunizadas contra o novo coronavírus é “Posso pegar covid-19 mesmo depois de tomar a vacina?”

Dois novos estudos realizados nos Estados Unidos, publicados na última terça-feira (23), no New England Journal of Medicine, trazem respostas interessantes para este questionamento.

Em um deles, pesquisadores da Universidade do Texas, em Dallas, acompanharam 8.121 trabalhadores do Centro Médico da instituição que receberam a imunização. Deste total, apenas quatro pessoas se infectaram após receberem as doses.

No outro estudo, um grupo de 14.990 colaboradores da Escola de Medicina da Universidade da Califórnia em San Diego e da Escola de Medicina David Geffen da Universidade da Califórnia em Los Angeles foram monitorados. Neste caso, sete voluntários testaram positivo para a doença, em um período de duas ou mais semanas após a segunda injeção.

Vale lembrar que mais de 83 milhões de pessoas já foram vacinadas nos EUA até o momento, segundo o The New York Times. Elas receberam doses da vacina da Pfizer/BioNTech ou injeções da Moderna, ambas apresentando altos índices de eficácia, as únicas aprovadas atualmente pelas autoridades americanas.

Os dados de ambas as pesquisas mostram resultados animadores, sugerindo que os casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus após se vacinarem, denominados de “infecções inovadoras”, são bastante raros. No entanto, a especialista em infectologia da Universidade da Califórnia em San Diego Francesca J. Torrani, autora de um dos estudos, faz um alerta.

“Sentimos muito fortemente que esses dados não deveriam levar as pessoas a dizer: ‘Vamos todos nos vacinar e então podemos parar de usar máscaras’. Essas medidas devem continuar até que um segmento maior da população seja vacinado”, comentou ela, referindo-se aos cuidados para evitar a transmissão do Sars-CoV-2.

De acordo com Torrani, apenas alguns dos voluntários da pesquisa que testaram positivo para a covid-19 após se vacinarem apresentaram sintomas. E quando surgiram, eles foram leves, mostrando que a imunização tem cumprindo o seu papel, de evitar quadros mais graves e internações, mesmo não bloqueando totalmente o vírus.

Outro detalhe interessante revelado pela pesquisadora é que os casos das pessoas assintomáticas só foram descobertos por meio de testes realizados ao longo do estudo ou como parte de seus cuidados médicos, pois elas não apresentavam nenhum sinal de estarem doentes.

MAIS NOTÍCIAS

SUPER SÃO JOSÉ
MÁRIO SERRALHEIRO
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ROGÉRIO CALÇADOS
OLIDATA
ANUNCIE AQUI
ART MÓVEIS
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ELETRO CLIC
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +
*/ ?>