Polícia

Polícia Civil esclarece desaparecimento de homem em Dom Feliciano

Segundo a investigação, vítima teria sido dopada e colocada dormindo pela companheira dentro de uma fornalha de estufa
11/05/2021 - 14h44min Atualizada em 11/05/2021 - 17h00min Corrigir

Foram cumpridos pela Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (11), dois mandados de busca e apreensão e duas prisões temporárias em Dom Feliciano. A operação procurava esclarecer o desaparecimento de um homem de 42 anos desde o dia 15 de fevereiro, na localidade de Colônia Nova.

A investigação concluiu que a companheira da vítima deu medicamento tranquilizante misturado em suco de laranja e colocou o homem dormindo dentro de uma fornalha na estufa de fumo da propriedade da família. A vítima, identificada como Erni da Cunha, acabou morrendo carbonizada. 

A ação ocorreu por meio da Delegacia de Polícia de Dom Feliciano, com apoio da Delegacia de Polícia de Camaquã. Participaram oito policiais civis, em três viaturas. 

As diligências foram coordenadas pela delegada Vivian Sander Duarte, da DP de Camaquã. A motivação do crime ainda não foi esclarecida oficialmente pela polícia, mas há suspeita de que seja por conta de violência doméstica. A mulher, de 35 anos, e o filho, de 20, foram presos temporariamente.

Revisão: Matheus Garcia

*Matéria atualizada às 17 horas para acréscimo de informações 

MAIS NOTÍCIAS

ART MÓVEIS
OLIDATA
ANUNCIE AQUI
SUPER SÃO JOSÉ
ELETRO CLIC
MÁRIO SERRALHEIRO
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
Tocando agora: Relembre bons momentos