Política

Projeto que acaba com pensões de ex-governadores e viúvas vai ao plenário na próxima terça

Valor de cada uma das pensões é de mais de R$ 32 mil, inclusive, com direito ao 13º salário
16/06/2021 - 08h30min Corrigir

O Projeto de Lei 482 2015, de autoria do deputado Pedro Pereira (PSDB), que acaba com a pensão vitalícia de nove ex-governadores do Rio Grande do Sul e de quatro viúvas será apreciado no plenário da Assembleia Legislativa, na próxima terça-feira (22). O valor de cada uma das pensões é de mais de R$ 32 mil, inclusive, com direito ao 13º salário. 

A inclusão da matéria na ordem do dia ocorreu na reunião de líderes. “Será um grande momento para a história do Parlamento Gaúcho. Pensão para a vida toda é um absurdo”, declarou Pedro Pereira. O parlamentar adiantou que uma emenda ao projeto deverá ser apresentada em plenário. 

O texto está sendo construído junto com o deputado Sérgio Turra (PP). “A ideia, além de acabar com a pensão vitalícia, é que a partir do governador Eduardo Leite, o subsídio mensal pago após o término do mandato, seja de um ano e não de quatro anos, como é atualmente. Também iremos incluir nesta emenda, que em caso de ocupação em outro cargo eletivo, o ex-governador não terá direito ao subsídio”, informou Pedro Pereira.

Com informações de Rafael Ribeiro

MAIS NOTÍCIAS

ART MÓVEIS
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ELETRO CLIC
SUPER SÃO JOSÉ
OLIDATA
ANUNCIE AQUI
MÁRIO SERRALHEIRO
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
Tocando agora: Relembre bons momentos