Esportes

Um mês após deixar a Inter de Limeira, Thiago Carpini analisa projetos para prosseguimento da carreira

Aos 36 anos, Carpini é mais um bom nome que vem despontando na nova safra de treinadores brasileiros
17/06/2021 - 17h16min Corrigir

Depois de levar a Inter de Limeira às quartas de final do campeonato paulista, Thiago Carpini segue analisando as possibilidades para dar prosseguimento a sua carreira. Aos 36 anos, Carpini é mais um bom nome que vem despontando na nova safra de treinadores brasileiros.

Thiago ainda não tem certeza de quais serão seus próximos passos. Mas para os torcedores que gostam de apostas, o Bet365 cadastro é feito em apenas seis. De forma simples, você garante acesso a uma das melhores casas do mercado e acompanha diversos jogos até mesmo pelo celular. Vale a dica ficar de olho para qual time Carpini irá se instalar.

Após passagens por Guarani, Oeste e Inter de Limeira, o treinador espera definir seu novo projeto nos próximos dias. “Foram experiências importantes no futebol paulista, que é um mercado que te exige muito. Tirando o Oeste, que foi uma situação atípica, conseguimos fazer um trabalho bastante diferenciado por Guarani e Inter de Limeira. Estou analisando algumas situações junto com meus representantes e em breve devo definir meu futuro”, revelou o treinador.

A favor da limitação de substituição de treinadores nas Séries A e B do campeonato brasileiro, Carpini acredita que a medida fará com que os dirigentes sejam mais criteriosos na escolha de seus comandantes. “É difícil você chegar num ambiente novo, com o campeonato em andamento e implantar seu método de trabalho em poucos jogos. É necessário tempo para que o elenco assimile suas ideias e comece a desempenhar em campo o que você está pedindo nos treinamentos. Acredito que essa limitação dará um pouco mais de tranquilidade para os treinadores realizarem o seu trabalho”, finalizou.

Nascido em Valinhos, interior de São Paulo, Thiago Carpini atuou como volante em clubes como Ponte Preta, Atlético-MG, Bahia, América-RN, Guarani, entre outros. Ainda como jogador, iniciou seu processo de transição para o pós-carreira se formando em Educação Física. Em constante evolução, Carpini está há quase um ano fazendo o curso da AFA (Associação Argentina de Futebol), depois de já ter conquistado as licenças A e B da CBF.

Em 2019, a convite do dirigente e ex-companheiro Fumagalli, se tornou auxiliar técnico permanente do Guarani, que tinha o técnico de Roberto Fonseca como treinador.

Dois meses depois, após a saída de Fonseca, Carpini assumiu o comando técnico do Bugre de forma interina durante três jogos. Com sete pontos conquistados nos três jogos, a diretoria optou pela permanência de Carpini, que conseguiu livrar a equipe do rebaixamento com a quinta melhor campanha do returno.

No ano seguinte, Carpini foi o responsável pela reformulação do elenco do Guarani. Com um time praticamente novo, o Bugre chegou a final do Troféu Interior, sendo derrotado pelo Red Bull Bragantino por 1×0.

Em 2021, pela Inter de Limeira, levou a equipe de menor orçamento do campeonato paulista às quartas de finais da competição após 35 anos e com vitórias expressivas sobre Palmeiras, Guarani e Ponte Preta.

MAIS NOTÍCIAS

SUPER SÃO JOSÉ
MÁRIO SERRALHEIRO
OLIDATA
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ART MÓVEIS
ELETRO CLIC
ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ANUNCIE AQUI
Tocando agora: Relembre bons momentos