Saúde

Semana começa com novo grupo recebendo primeira dose da vacina contra covid-19 em Camaquã

Secretaria da Saúde prevê receber novos lotes de imunizantes do Estado na quarta-feira (28) para ampliar o cronograma de vacinação
26/07/2021 - 08h30min Corrigir

Uma nova faixa etária começa a receber a primeira dose da vacina contra a covid-19, nesta segunda-feira (26), em Camaquã. São homens e mulheres a partir de 31 anos e sem doenças preexistentes. 

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

A segunda dose do imunizante também estará disponível ao longo desta semana, exceto na quarta-feira (28), para quem tem data pré-agendada no cartão de vacina.

As ações de vacinação ocorrem das 8h30 às 16h30, no Centro de Imunização Viégas. Quem for se vacinar, precisar ter em mãos documento de identidade com foto e comprovante de residência. Somente nas quintas-feiras, o horário de atendimento é estendido até as 21 horas.

A Secretaria Municipal da Saúde prevê receber novos lotes de vacina do Estado na quarta-feira para estender o cronograma de vacinação, na quinta (29), ao público com 30 anos ou mais.
 
Nas quartas-feiras, a pasta promove a aplicação do imunizante exclusivamente para gestantes e mulheres que ganharam bebê nos últimos 45 dias, como também para os adolescentes entre 12 e 17 anos com comorbidades. Será necessário comprovar a efermidade por meio de atestado médico. Já aqueles adolescentes que estão acamados, deverão agendar o recebimento da vacina em sua unidade de saúde de referência.
 
Lista de comorbidades a serem consideradas para vacinação contra a covid-19 de adolescentes de 12 a 17 anos:
  • Obesidade Grave: Obesidade acima do percentil 97 ou escore Z acima de 2 desvios – através das avaliações e curvas de crescimento. Avaliada no gráfico de estatura e peso – do respectivo sexo e faixa etária.
  • Pneumopatias Crônicas Graves: Asma - Medicamentos em uso: broncodilatador de longa ação (formoterol/salmenterol) + corticoide inalatório OU Uso de corticoide sistêmico (oral) contínuo OU História prévia de internação hospitalar /UTI (após os dois anos de idade) ou Displasia Broncopulmonar.
  • Outros Imunodeprimidos: Doença Congênita/Rara/Genética/Autoimune Neoplasias ou outras condições que prejudiquem a resposta imunológicas no momento atual (em tratamento) Cardiopatias congênitas com consequências sistêmicas. Doenças reumatológicas com uso de medicamentos imunossupressores Pessoa vivendo com HIV Neoplasias ou doenças hematológicas em tratamentos ou que justifiquem imunossupressão.
  • Hemoglobinopatia grave: Doença Falciforme ou Talassemia Maior.
  • Doença cardiovascular: Cardiopatias nas quais o quadro clínico cause comprometimento sistêmico.
  • Doença neurológica crônica: Doença neurológica com comprometimento de deglutição ou situação que aumente risco de doença pulmonar ou doença cardiovascular. Acidente Vascular Encefálico Mielite Transversa Paralisia cerebral com descrição de limitações.
  • Diabete Mellitus: Diabete Mellitus (Tipo1) Crianças com condição insulino-dependente.

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

ELETRO CLIC
SUPER SÃO JOSÉ
OLIDATA
SERVI
FUNERÁRIA BOM PASTOR
KNN IDIOMAS
CÂMERAS EXTERNAS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
PIX
MÁRIO SERRALHEIRO
ART MÓVEIS