Geral

Projeto Nadando Pelos Cartões Postais realiza mergulho nas águas frias do Guaíba

O grupo de nadadores de águas abertas “Tchê Travessias” tem atualmente cerca de 160 integrantes com idades entre 18 e 75 anos
26/07/2021 - 12h44min Corrigir

Para muitos gaúchos, inverno é a estação para comer uma bergamota, aproveitar o sol, fazer um chimarrão, sentar no banco do parque e conversar com os amigos. Porém para alguns, uma maneira de aproveitar o inverno gaúcho é nadar nas frias águas do Lago Guaíba.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

A cada inverno, cada vez mais nadadores gaúchos “desfrutam” dos mergulhos regulares no Guaíba. As pessoas que não estão familiarizadas com a prática muitas vezes perguntam: Por quê?

“O choque com a água fria dá uma sensação que percorre todo o corpo. Você se sente realmente vivo e, depois, extremamente calmo”, explica Francismar Siviero, criador do Projeto Nadando Pelos Cartões Postais. “Você deixa seu estresse para trás e toda a experiência é bastante viciante”.

Estudos científicos mostram que imersões frias também podem reduzir a pressão arterial e promover o crescimento de tecido adiposo marrom saudável, melhorando a tolerância ao frio. O choque com o frio também aciona a produção de hormônios de endorfina no cérebro, que aumentam a resistência à dor e criam uma sensação de euforia.

O grupo de nadadores de águas abertas “Tchê Travessias” tem atualmente cerca de 160 integrantes com idades entre 18 e 75 anos, na maioria, residentes na grande Porto Alegre.

Que tal conhecer um pouco melhor alguns desses corajosos que decidiram incluir esse tipo de atividade à sua rotina de treinos: Juliana Souza, Fernando Kersting, Francismar Siviero (66 anos), Rubens Assis, Helena Barros, Fernando Sampert, Márcio Weber e Hilton Dias (66 anos) que nadaram no domingo (25) com 14.4 °C a temperatura da água, em Belém Novo, local de belezas naturais, praias de água doce e perto do centro da capital gaúcha.

O Projeto Nadando Pelos Cartões Postais busca unir esporte e a conscientização ecológica com as suas atividades de águas abertas. Saiba mais como participar e apoiar este projeto no site francisswim.com.br e também nas redes sociais facebook.com/worldswim e instagram.com/francisswim . 

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

CÂMERAS EXTERNAS
PIX
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ELETRO CLIC
FUNERÁRIA BOM PASTOR
SUPER SÃO JOSÉ
ART MÓVEIS
MÁRIO SERRALHEIRO
OLIDATA
SERVI
KNN IDIOMAS