Justiça

Agressores de jovem no centro de Camaquã vão a júri popular nesta segunda (30)

Crime ocorreu na noite de 29 de abril do ano passado
30/08/2021 - 09h10min Corrigir

Terá início, na manhã desta segunda-feira (30), o julgamento de dois homens que participaram da agressão de um jovem no centro de Camaquã, em abril de 2020. Os réus vão a júri popular, acusados de tentativa de homicídio e a sessão está marcada para começar às 9 horas.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

O crime ocorreu na noite de 29 de abril do ano passado, na Rua Olavo Moraes. A Polícia Civil divulgou, na época, imagens de câmeras de segurança de um estabelecimento comercial que fica em frente ao local onde o jovem foi brutalmente agredido. O vídeo mostra a vítima sendo atingida com socos e chutes, principalmente na região da cabeça.

O rapaz chegou a ficar desacordado na calçada. Ele foi socorrido por populares e encaminhado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para atendimento no Pronto Socorro do Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA). Atualmente, o jovem passa bem, mas ficou com algumas sequelas por conta das violências.

A investigação conseguiu identificar os agressores poucos dias após o crime. Três indivíduos foram apontados por testemunhas, de forma anônima, como os autores do crime, sendo um deles menor de idade. Em depoimento à polícia, os acusados afirmaram que teriam ficado com raiva depois de um desentendimento anterior com outro sujeito, na praça Zeca Netto, e resolveram descontar, de forma aleatória, no jovem, que simplesmente estava passando pela rua.

Se condenados, os réus podem pegar pena de 12 a 30 anos de reclusão, inicialmente em regime fechado, por tentativa de homicídio

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

ART MÓVEIS
MÁRIO SERRALHEIRO
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SUPER SÃO JOSÉ
PIX
KNN IDIOMAS
CÂMERAS EXTERNAS
ELETRO CLIC
FUNERÁRIA BOM PASTOR
OLIDATA