Educação

Sicredi implanta Cooperativa Escolar em Camaquã

A Cooperativa é um espaço de aprendizagem sobre os sete princípios do cooperativismo, desenvolvendo liderança, empreendedorismo Social, educação Financeira, e inclusão social
01/09/2021 - 15h58min Corrigir

O prefeito Ivo de Lima Ferreira, acompanhado do vice-prefeito Abner Dillmann e pelo secretário municipal da Educação e Desporto Nelson Egon Geiger Filho e a adjunta da educação Jaqueline Santos estiveram, na última segunda-feira (30), reunidos com representantes do Sicredi, ocasião em que foi assinado o acordo de cooperação para a implantação do Programa Cooperativas Escolares na Escola Municipal de Ensino Fundamental Chequer Buchaim.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Para a Diretoria da Cooperativa, representada pela Assessora do Programa, Melina Dutra, “esse início do Programa na nossa Cooperativa, é uma grande realização em prol do desenvolvimento do cooperativismo na nossa região. Assim, ampliamos as oportunidades de aprendizado de crianças e adolescentes, através de vivências e experiências práticas dos valores e princípios do cooperativismo, promovendo uma nova visão de mundo e de futuro. Acreditamos, sim, que a vida é melhor, quando é cooperativa e por isso estamos muito felizes em apresentar essa alternativa a que se propõe o Sicredi para o desenvolvimento sustentável, ético, justo e solidário de suas comunidades.”

O que são as Cooperativas Escolares?

A Cooperativa Escolar é uma iniciativa de caráter educativo, formada pela união voluntária de crianças ou adolescentes, que realizam atividades sociais, econômicas e culturais de acordo com seus objetivos comuns, no contraturno escolar, sem fins lucrativos. É um movimento de muitos alunos que acreditam no cooperativismo como uma possibilidade de transformar suas comunidades.

A Cooperativa Escolar é um espaço de aprendizagem sobre os sete princípios do cooperativismo, desenvolvendo liderança, empreendedorismo Social, educação Financeira, e inclusão social. As práticas pedagógicas que estimulam o protagonismo dos alunos no desenvolvimento de soluções locais que, por sua vez, contribuem para o alcance dos objetivos globais para o desenvolvimento sustentável. Tudo isso de um jeito muito divertido e mão na massa, passando por uma trilha cooperativa, onde os alunos aprendem por meio do jogo “Cooperlândia”.

Cooperlândia é um mundo construído pela cooperação onde se desenvolvem as seguintes competências:

- Conhecimento - Valorizar e aplicar os conhecimentos sobre cooperativismo e cooperativistas, por meio da busca de informações e da pesquisa, para entender e explicar a realidade a partir do próprio contexto.

- Criatividade - Desenvolver o pensamento criativo e crítico a partir da resolução de problemas e desafios, investigando causas para a criação de soluções que contribuam para o desenvolvimento do empreendedorismo social.

- Cidadania - Participar ativa e coletivamente das práticas da Cooperativa Escolar, com responsabilidade e respeito às diferenças, para que façam escolhas éticas e democráticas, visando ao bem-estar e ao desenvolvimento comum.

- Liderança - Liderar iniciativas que promovam os objetivos comuns da Cooperativa, incentivando o protagonismo de colegas e comunidade para agir de forma autônoma, responsável, coletiva e proativa na resolução de problemas e no alcance de metas pessoais e comuns.

Como funciona o Programa Cooperativas Escolares?

· A instituição de ensino faz a adesão ao Programa Cooperativas Escolares em parceria com a mantenedora e Sicredi;

· A participação dos alunos é por adesão livre e voluntária, com autorização dos responsáveis legais;

· Recomendamos a participação dos alunos do ensino fundamental II (anos finais) e médio;

· Toda Cooperativa Escolar precisa de um professor orientador, com carga horária semanal destinada à realização do Programa;

· É constituída uma rede de cooperação, formada pela instituição de ensino, mantenedora, Sicredi, assessoria pedagógica, organizações do movimento cooperativista, comunidade e famílias;

· Os associados da Cooperativa Escolar participam de oficinas de aprendizagem e eventos de intercooperação em parceria com outras cooperativas e instituições.

As 4 etapas do Programa:

- Articulação: Sicredi ou instituição de ensino demonstram interesse em implantar a Cooperativa Escolar;

- Mobilização: Apresentação do Programa Cooperativas Escolares para a comunidade escolar e formalização da parceria.

- Trilha Cooperativa: Processo de aprendizagem de estudantes e professor orientador por meio do jogo Cooperlândia.

- Avaliação: Avaliação anual do Programa Cooperativas Escolares para indicar novas oportunidades de desenvolvimento.

Os responsáveis pelo Programa:

Cooperativa Sicredi

• Realizar formações e assessoria pedagógica para as instituições de ensino que aderem ao Programa na sua metodologia.

• Articular o Programa na comunidade.

• Contratar assessoria pedagógica especializada.

• Acompanhar o desenvolvimento das atividades das Cooperativas Escolares.

Mantenedora

• Garantir o alinhamento pedagógico das diretrizes da rede de ensino com o Programa.

• Disponibilizar professor orientador com perfil e carga horária para o desenvolvimento do Programa. Acompanhar o desenvolvimento das atividades da Cooperativa Escolar.

• Disponibilizar recursos, como alimentação e transporte, para os encontros semanais e atividades especiais do Programa.

Instituição de Ensino

• Manter o alinhamento da proposta político-pedagógica da instituição com o Programa.

• Organizar recursos para os encontros da Cooperativa Escolar no contraturno da aula.

• Acompanhar as atividades realizadas pelo professor orientador e alunos participantes.

• Definir os critérios de participação dos alunos em conjunto com os demais integrantes da rede de apoio. Organizar a documentação do Programa.

• Articular o Programa nas atividades escolares. Disponibilizar recursos, como alimentação e transporte, para os encontros semanais e atividades especiais do Programa.

Professor Orientador

A indicação de professor orientador é pré-requisito para a implantação do Programa Cooperativas Escolares. Recomenda-se que sejam destinadas, no mínimo, seis horas semanais para atividades com discentes e planejamento pedagógico. Para atuar em Cooperativas Escolares é recomendável que o educador seja: inovador, aberto ao diálogo, estudioso, responsável, empreendedor e democrático.

Assessoria pedagógica

Será responsabilidade do Sicredi a contratação de assessoria pedagógica especializada e habilitada no Programa Cooperativas Escolares.

É responsabilidade da assessoria pedagógica:

· Realizar a formação do professor orientador para implementação da metodologia do Programa;

• Assessorar sistematicamente o professor orientador, acompanhando o desenvolvimento das habilidades dos associados;

• Realizar a mediação de oficinas de aprendizagem para associados a partir do planejamento com o professor orientador;

• Realizar assessoria pedagógica para o desenvolvimento do Programa junto à rede de cooperação.

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

CÂMERAS EXTERNAS
ART MÓVEIS
MÁRIO SERRALHEIRO
OLIDATA
KNN IDIOMAS
PIX
ELETRO CLIC
FUNERÁRIA BOM PASTOR
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SUPER SÃO JOSÉ