Polícia

Decrab Camaquã completa dois anos e recebe delegado titular

Especializada no combate aos crimes rurais ampliou a região de atuação e deve ganhar reforço na equipe
16/09/2021 - 17h50min Corrigir

A Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) de Camaquã completou dois anos de atividades e, nesta quinta-feira (16), a Polícia Civil convocou uma coletiva de imprensa para apresentação do novo titular. 

O delegado Peterson Benitez deixa o comando da Delegacia de Tapes para assumir a especializada. Em seu lugar toma posse o delegado Luciano Meira, vindo de Minas Gerais. 

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Benitez afirmou, em entrevista ao portal de notícias Blog do Juares (BJ News), que dará continuidade ao trabalho que já vem sendo realizado e que irá focar ainda mais na intensificação das ações para coibir os delitos.

"No primeiro momento, na verdade, retomando uma ideia que já vem sendo desenvolvida há um tempo, com um incremento mais efetivo, executar serviços mais efetivos daquilo que a gente pode e é possível. [...] É um crime difícil de investigar? É! Ocorre na calada da noite? É! Mas, ao mesmo tempo, nós estamos contando com um efetivo muito especializado aqui, empenhado, com muita vontade, tanto que nós temos bons resultados", afirmou o delegado.

No início do mês, o governador Eduardo Leite assinou um decreto que reorganiza e amplia a competência regional das Decrabs, com o intuito de intensificar o combate aos crimes no campo dentro do RS.

As quatro Decrabs existentes no Estado - Bagé, Camaquã, Santiago e Cruz Alta - foram divididas em quatro macrorregiões para atender todo o RS. A especializada passou a pertencer à macrorregião 3ª Decrab Camaquã, compreendendo as seguintes regionais: 23ª DPRI; 1ª DPRI; 2ª DPRI; 8ª DPRI; 29ª DPRI; 17ª DPRI; 25ª DPRI; 19ª DPRI; e áreas territoriais da DPRPA, 1ª DPRM, 2ª DPRM e 3ª DPRM do Departamento de Polícia Metropolitana - DPM/PC.

"O decreto veio pra regulamentar uma situação que, de fato, já estava sendo desenvolvida, pontuando efetivamente o espectro de atuação das delegacias, fatiando exatamente o Estado em microrregiões, onde tu tem o alcance da tua região-sede e mais algumas que fazem divisa. [...] Então, a Decrab vai ter atuação na sede exclusiva da região e concorrente com as demais delegacias no âmbito das outras regionais", detalhou Benitez. 

Já a delegada regional Carla Kuhn, responsável pela instalação da Decrab em Camaquã, contou ao BJ News sobre o saldo positivo das ações de combate aos crimes rurais no município e região.

"Todos sabem que pra abrir a Decrab aqui não foi fácil. Foi uma luta árdua, mas eu tinha certeza absoluta de que seria um avanço aqui pra nossa região, que sofre muito não só com o abigeato, mas com roubos e furtos de maquinários agrícolas, herbicidas, enfim... A nossa região aqui tinha realmente muito problema", destacou. 

Cerca de 30 operações contra crimes no campo ocorreram nestes dois anos, com a recuperação de aproximadamente 50 animais que haviam sido roubados ou furtados de propriedades rurais do município e região e dimunição de 40% nos índices de crimes deste tipo na região. "Então, se a gente vai analisar esses dados, a gente vê que foi realmente um prejuízo financeiro para as vítimas, os ruralistas, e que nos estamos combatendo com bastante afinco. Então, é uma vitória não só para a Polícia Civil, mas para toda a região policial", comentou a delegada. 

Além de um delegado-titular, a Decrab Camaquã conta, atualmente, com três policiais especializados. Segundo Carla, ainda este ano virão outros dois agentes e no ano que vem mais dois policias para completar a equipe. 

Assista às entrevistas:

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

KNN IDIOMAS
OLIDATA
ART MÓVEIS
MÁRIO SERRALHEIRO
PIX
FUNERÁRIA BOM PASTOR
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SUPER SÃO JOSÉ
CÂMERAS EXTERNAS
ELETRO CLIC