Política

Câmara de Vereadores arquiva denúncia de infração político-administrativa contra prefeito de Cerro Grande do Sul

Acusação foi derrubada por seis votos a dois
29/09/2021 - 16h36min Corrigir

A maioria dos vereadores de Cerro Grande do Sul optou por arquivar a denúncia de infração político-administrativa que pesava contra o prefeito Gilmar João Alba, o Gringo. O político era suspeito de ter alugado sem licitação um veículo para transportes de pacientes da Secretaria Municipal de Saúde ao custo de R$ 25 mil mensais. A denúncia foi feita por um servidor púbico estadual.A acusação foi arquivada por seis votos a dois, em sessão plenária realizada na segunda-feira (27).

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

O delator considerou o valor alto demais, além de apontar que após investigação, notou que veículos de uso pessoal do prefeito e de um secretário municipal, além de um caminhão utilizado para transportar de maquinário de propriedade do prefeito, pertenciam a mesma empresa contratada para prestar o serviço de van à saúde municipal.

Ainda de acordo com o denunciante, o contrato de aluguel do veículo para a saúde foi cancelado, após manifestação pública do secretário municipal, Júlio César Doze, assim que as supostas irregularidades vieram à tona. 

Os parlamentares que rejeitaram a denúncia justificaram que não houve prejuízo aos recursos públicos, já que o contrato não foi pago e sim cancelado. Para eles, a acausação não era consistente para dar seguimento na investigação.

Já os dois vereadores que votaram pela continuidade do processo destacaram que o papel do vereador é fiscalizar as ações do Poder Executivo e transparecer as ações públicas municipais.

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

Mais Lidas