Saúde

Camaquã adere à exigência de passaporte vacinal a partir da próxima semana

Outra mudança é a ampliação do público em eventos e retorno do horário normal de funcionamento dos comércios
14/10/2021 - 10h58min Corrigir

A Prefeitura de Camaquã publicou, na manhã desta quarta-feira (14), novas alterações no decreto que estabelece regras de combate à pandemia da covid-19 e que entrarão em vigor a partir da próxima segunda-feira (18).

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Alinhado aos protocolos do Governo do Estado, o Executivo Municipal passará a exigir o passaporte vacinal em atividades consideradas de alto riso de contágio do coronavírus, como festas e competições esportivas. A regra valerá tanto para profissionais que trabalham no estabelecimento quanto para o público em geral. 

A apresentação do comprovante de imunização seguirá um cronograma de idade, de acordo com o avanço da campanha de vacinação no Estado:

• 40 anos ou mais: esquema vacinal completo com duas doses ou dose única;

• 30 a 39 anos: primeira dose ou dose única até 31 de outubro e esquema vacinal completo a partir de 1º de novembro;

• 18 a 29 anos: primeira dose ou dose única até 30 de novembro e esquema vacinal completo a partir de 1º de dezembro.

Veja as atividades que deverão exigir comprovante de vacinação:

• Competições esportivas (todas);

• Eventos infantis, sociais e de entretenimento em buffets, casas de festas, casas de shows, casas noturnas, restaurantes, bares e similares;

• Feiras e exposições corporativas, convenções, congressos e similares;

• Cinema, teatros, auditórios, circos, casas de espetáculo, casas de shows e similares;

• Parques temáticos, de aventura, de diversão, aquáticos, naturais, jardins botânicos, zoológicos e outros atrativos turísticos similares.

Outra mudança é a flexibilização do público em eventos com a liberação do número máximo de pessoas, desde que respeite 50% da capacidade do local. Festas com até 400 pessoas não irão precisar ter autorização da prefeitura, devendo ser exigido o comprovante de vacinação e as demais normas sanitárias vigentes. Os estabelecimentos também podem voltar a funcionar nos horários anteriores à pandemia, de acordo com as regras gerais e as definições que constam no alvará de funcionamento de cada local.

A prefeitura salienta que os comerciantes ficarão responsáveis por orientar os funcionários e clientes sobre a importância da vacinação contra a covid-19, observadas as orientações médicas e sanitárias e o calendário estabelecido pela Secretaria Estadual da Saúde (SES).

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, acessando aqui! Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

KNN IDIOMAS
PIX
SUPER SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA BOM PASTOR
MÁRIO SERRALHEIRO
OLIDATA
CÂMERAS EXTERNAS
ART MÓVEIS
ELETRO CLIC
FUNERÁRIA CAMAQUENSE