Política

Mano Martins (DEM) é citado na CPI da Propina em Camaquã

Empresário José Machado afirmou que vereador solicitou apoio nas eleições de 2022
10/11/2021 - 12h23min Corrigir

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara de Vereadores de Camaquã ouviu, nessa terça-feira (9), o empresário José Machado, sócio proprietário da Agro Comercial Canarana. A Comissão formada pelo presidente Vinícios Araújo (MDB), vice-presidente Ronaldinho Renocar (Progressistas) e relator Mozart Pielechowski (PSDB), investiga o suposto pedido de propina por parte de um vereador ao empresário para aprovação do Projeto de Lei que visava a doação de área pública à fumageira.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

No encontro, Machado afirmou ter ido à residência do vereador Mano Martins (DEM) e este teria solicitado um “benefício” para dar celeridade ao projeto que estava em uma das comissões. A ajuda consistia em oferecer apoio ao parlamentar que possui desejo de concorrer a deputado estadual no próximo pleito.

Conforme Machado, não chegaram a tratar de valores em troca de apoio, mas no encontro foi dito que se não houvesse um acordo entre eles, a proposta que tramitava no Legislativo não iria avançar.

Entretanto, a comissão não questionou a existência de provas, o que fez com que os vereadores Vitor Azambuja (Progressistas) e Claiton Silva (PDT) questionassem a condução das investigações. O fato gerou discussão entre os vereadores ao final da reunião.
O depoimento do empresário pode ser conferido no link.

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, clicando aqui!

Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

Siga o Blog do Juares no Google News e recebe notificações das últimas notícias em seu celular, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA BOM PASTOR
ELETRO CLIC
SUPER SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
MÁRIO SERRALHEIRO
CÂMERAS EXTERNAS
KNN IDIOMAS
ART MÓVEIS
DR. JOÃO BATISTA
PIX
OLIDATA