Política

Frente Parlamentar da Infraestrutura realiza evento para apresentação do projeto do complexo eólico de Tapes

Deputado Marcus Vinícius, presidente da Frente Parlamentar, promoveu do evento que contou com os diretores da empresa Brain-Energy
18/11/2021 - 09h54min Corrigir

Ocorreu na manhã da última terça-feira (17) o painel “Nossos ventos sopram desenvolvimento”, na Câmara Municipal de Tapes. O evento apresentou detalhes do projeto do complexo eólico que o Rio Grande do Sul poderá receber, situado entre a área urbana de Tapes e a BR-116, ao lado da Lagoa dos Patos e contou com a presença do deputado Marcus Vinícius de Almeida (PP), presidente da Frente Parlamentar da Infraestrutura e Mobilidade, e dos diretores da Brain Energy – Energias Sustentáveis, empresa responsável pelo projeto, o arquiteto Telmo Magadam e o Engenheiro Daniel de Moraes Andrade.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Os idealizadores do projeto apresentaram informações mais completas do complexo eólico e suas vantagens. Para Telmo Magadam, o novo parque de aerogeradores situado em Tapes tem potencial para se tornar um dos melhores e mais eficientes do Brasil, pois no Rio Grande do Sul os ventos são, na maioria das vezes, diurnos e constantes, sendo favorável para o sistema de geração, pois o consumo de energia é maior durante o dia.

Já Daniel Andrade, trouxe mais detalhes sobre perspectivas e números do parque eólico, o qual terá potencial de abastecer uma cidade de até 1 milhão de habitantes, considerando os consumos domésticos e empresariais. Para o engenheiro, caso seja concluída a fase de capacitação de recursos até o início de 2022, o início das obras já pode ocorrer no ano que vem.

Para Marcus Vinícius, natural da região, a construção do parque eólico pode ser um divisor de águas para a Costa Doce. “O investimento para instalação dos aerogeradores é um dos primeiros passos para tornar uma região pobre em desenvolvimentista e com maior poder econômico, gerando mais empregos para a região”, disse.

O investimento para a construção do gira em torno de R $1,09 bilhão, com capacidade para gerar 239 megawatts de energia. O parque eólico Capão Alto - como foi definido o nome - ficará em uma área de 3 mil hectares. A previsão para conclusão da obra é para 2024.

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, clicando aqui!

Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

Siga o Blog do Juares no Google News e recebe notificações das últimas notícias em seu celular, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

PIX
KNN IDIOMAS
ART MÓVEIS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
CÂMERAS EXTERNAS
OLIDATA
DR. JOÃO BATISTA
SUPER SÃO JOSÉ
MÁRIO SERRALHEIRO
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ELETRO CLIC