Polícia

Três mulheres são presas acusadas de envolvimento no golpe dos nudes no RS

Polícia afirmou que uma das acusadas se passava por adolescente ou pela mãe da suposta menor para enganar as vítimas
23/11/2021 - 11h28min Corrigir

Três mulheres foram presas, na manhã desta terça-feira (23), durante a Operação Sextorsion de combate aos crimes de extorsão, organização criminosa, lavagem de dinheiro, através do conhecido golpe dos nudes no Rio Grande do Sul. As diligências foram cumpridas em municípios do Vale dos Sinos, do Vale do Caí e da Serra. 

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

De acordo com a Polícia Civil, uma das suspeitas gravou vídeos que foram utilizados por criminosos em todo país. Ela foi presa em Novo Hamburgo. Outras duas mulheres que atuavam para quadrilha foram detidas em Novo Hamburgo e Farroupilha. Segundo a investigação, ela se passava por adolescente e, às vezes, por mãe de vítima de abuso sexual em um falso depoimento. Um integrante da quadrilha se passava pelo agente que tomava o depoimento da mulher.

Ouça AQUI a web rádio do Blog do Juares!

Ainda conforme o que foi apurado, as acusadas colocavam disfarces visando ao não reconhecimento por parte das autoridades. As mulheres foram presas temporariamente. Agora, a polícia vai comparar os vídeos repassados pelos criminosos com a fisionomia das suspeitas para avaliar se a imagem de cada uma condiz com a pessoa que aparece nos vídeos.

A operação foi deflagrada por meio da Delegacia de Polícia de Crimes Informaticos e Defraudações (Drcid/Deic), da 6ª Delegacia de Polícia Regional do Interior de Passo Fundo (6ª DPRI), da 11ª Delegacia de Polícia Regional do Interior de Erechim (11ª DPRI), da Delegacia Regional de Caxias do Sul, 1ª DP Novo Hamburgo e demais Delegacias Especializadas do Deic.

Os agentes cumpriram 13 ordens judiciais, sendo 10 mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão temporária também nas cidades de Montenegro e Caxias do Sul.

O golpe dos nudes

O crime consiste, inicialmente, com o envio às vítimas de solicitações de amizade pela rede social Facebook de mulheres jovens e atraentes para homens, geralmente de meia idade. Num segundo momento, via WhatsApp, compartilham fotos íntimas, que serão utilizadas na extorsão. A vítima então passa a receber ligações dos supostos pais da menina e/ou de falsos policiais civis (agentes e delegados de polícia), que o acusam de pedofilia, sob a alegação de que as fotos são de uma criança ou adolescente. Na extorsão os ditos “familiares” exigem valores para não denunciarem a vítima à polícia ou identificando-se como delegados e/ou agentes policiais, a exigência é para arquivar os supostos inquéritos.

Destaca-se que os criminosos, utilizando de diversos meios para ludibriar as vítimas e extorqui-las, fazem vídeos de supostas mães das vítimas do crime de Pedofilia, simulam delegacias de polícia com a utilização de insígnias, banners, carteiras funcionais falsas, criam falsos mandados de prisão, habilitam celulares com o aplicativo WhatsApp com a imagem, principalmente de policiais. A soma de todos esses falsos elementos, faz com que as vítimas do golpe dos nudes efetivamente acreditem que estão falando com policiais e buscando livrar-se da responsabilidade criminal, acabam repassando vultosos valores para os suspeitos da prática dos crimes investigados.

A Polícia Civil destaca que nenhum agentel liga ou manda mensagens para a exigência de qualquer tipo de valor, para negociar cumprimento de mandados ou deixar de cumprir mandados de prisão. Acontecendo esse tipo de situação, procure a delegacia mais próxima de sua residência para o registro do boletim de ocorrência. Os canais para denúncia são: 0800.510.828 ou WhatsApp e Telegram (51) 98444-0606.

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, clicando aqui!

Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

Siga o Blog do Juares no Google News e recebe notificações das últimas notícias em seu celular, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

ART MÓVEIS
MÁRIO SERRALHEIRO
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
DR. JOÃO BATISTA
FUNERÁRIA BOM PASTOR
KNN IDIOMAS
CÂMERAS EXTERNAS
PIX
OLIDATA
ELETRO CLIC
SUPER SÃO JOSÉ