Mundo

Norte-coreano é condenado à morte por vender pendrive com a série Round 6

O comprador foi condenado à prisão perpétua e quem assistiu fará cinco anos de trabalhos forçados
26/11/2021 - 12h23min Corrigir

A série Squid Game pode ser uma sensação em todo o mundo, mas ter uma cópia na Coreia do Norte aparentemente pode causar muitos problemas. Na verdade, um homem norte-coreano teria sido condenado à morte por suposto contrabando de cópias da série de sucesso da Netflix para o país, em violação a uma lei aprovada recentemente sobre a "Eliminação do pensamento e cultura reacionários".

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

De acordo com a Radio Free Asia, o suposto contrabandista “trouxe da China uma cópia do Squid Game para a Coreia do Norte e vendeu pendrives contendo a série” para um grupo de estudantes. Ele não foi o único severamente punido no caso também, com um aluno que supostamente assistiu ao programa recebendo prisão perpétua, “enquanto outros seis que assistiram ao programa foram condenados a cinco anos de trabalhos forçados”. Até mesmo alguns dos professores e administradores da escola que os alunos frequentavam “foram demitidos e enfrentam banimento para trabalhar em minas remotas”. Tudo por assistir a um programa de televisão.

Ouça AQUI a web rádio do Blog do Juares!

A recente série sul-coreana foi criada por Hwang Dong-hyuk e rapidamente se tornou o programa mais assistido da Netflix na história. De acordo com o site, ele ainda está entre os 10 programas mais assistidos do serviço em 82 países ao redor do mundo, incluindo Estados Unidos, Austrália, Reino Unido, Alemanha, Suécia, Egito, África do Sul, Japão e Coreia do Sul.

A Radio Free Asia afirma que o programa e sua história de pessoas desesperadas jogando uma série de jogos de vida ou morte por um enorme prêmio em dinheiro "ressoam com os norte-coreanos em ocupações arriscadas e posições inseguras". Considerando que o contrabandista condenado no caso será condenado à morte por um pelotão de fuzilamento, pode-se ver a gravidade da situação.

 

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, clicando aqui!

Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

Siga o Blog do Juares no Google News e recebe notificações das últimas notícias em seu celular, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

Mais Lidas