Mundo

Professora de ciências é presa após ela vacinar aluno com covid-19 em casa

Lara Russo foi acusada de prática de profissão não autorizada
07/01/2022 - 16h21min Corrigir

Uma professora do ensino médio de Long Island foi presa na véspera de Ano Novo após ser acusado de administrar a vacina Covid-19 a um adolescente, apesar de não ter sido autorizado a fazê-lo e também de não ter o consentimento de seus pais.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Laura Russo, 54, era professora de biologia na Herricks High School em Searingtown e supostamente deu a vacina a um menino de 17 anos em sua casa em Sea Cliff, em Long Island.

Ouça AQUI a web rádio do Blog do Juares!

O adolescente então foi para casa e disse à sua mãe, que imediatamente contatou as autoridades, de acordo com o Departamento de Polícia do Condado de Nassau.

Laura Russo foi presa e acusada após administrar ilegalmente uma vacina covid-19.

Russo, que não é um profissional com licença médica e não deveria ter acesso a vacinas contra o coronavírus, foi acusada de prática de profissão não autorizada.

A polícia disse que o filho de Russo estava com um amigo e este passou a pedir a vacina porque sua mãe supostamente não queria que ele fosse vacinado contra o vírus na época.

Em imagens de vídeo, Russo pode ser visto dando ao adolescente uma dose de Johnson & Johnson, uma vacina que só foi aprovada para pessoas com 18 anos ou mais.

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, clicando aqui!

Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

Siga o Blog do Juares no Google News e recebe notificações das últimas notícias em seu celular, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

Mais Lidas