Polícia

Corpo de cabeleireira gaúcha que estava desaparecida é encontrado em porta-malas de carro na BR-101

Ex-companheiro da vítima é tido como o principal suspeito; mulher possuía medida protetiva contra ele
13/01/2022 - 09h28min Corrigir

O corpo da cabeleireira Lourdes Clenir Oliveira Melo, de 48 anos, que estava desaparecida desde o último domingo (9) em Estância Velha, no Vale dos Sinos, foi encontrado dentro do porta-malas de um carro às margens da BR-101, em Santa Catarina. A confirmação da identidade da mulher foi anunciada pela Polícia Civil na madrugada desta quinta-feira (13). 

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Segundo as autoridades, o cadáver estava no bagageiro de um Fiat Corsa, emplacado no Rio Grande do Sul, que foi abandonado em um trecho da rodovia que atravessa o município de Içara, no sul do estado catarinense. A localização ocorreu na noite de quarta (12). O ex-companheiro de Lourdes é tido pela investigação como o principal suspeito do desaparecimento. 

Ouça AQUI a web rádio do Blog do Juares!

Conforme a apuração, a cabeleireira morava sozinha e teria descoberto uma traição do ex-namorado, em dezembro do ano passado, e terminou a relação. A polícia identificou que ela tinha medida protetiva contra o homem, concedida pela Justiça após a cabeleireira ter sido vítima de agressão física e ameaças. O suspeito chegou a ficar preso, mas foi solto no dia seguinte. No entanto, testemunhas disseram para a polícia que o homem seguia rondando a casa da cabeleireira

Na manhã de segunda-feira (10), uma pessoa ainda não identificada teria deixado a residência de Lourdes usando o carro dela. Os vizinhos relataram que, na noite de domingo, ouviram gritos da cabeleireira vindos do imóvel. Em perícia no local, a investigação encontrou rastros de sangue, objetos quebrados e o espelho retrovisor do carro caído no chão.

Parte da família de Lourdes mora em Santa Catarina, assim como a filha dela, de 24 anos, fruto de um outro relacionamento. A jovem veio para o RS acompanhar a apuração sobre o desaparecimento da mãe. O caso é investigado como feminicídio. Até o momento, ninguém foi preso.

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, clicando aqui!

Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

Siga o Blog do Juares no Google News e recebe notificações das últimas notícias em seu celular, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

Mais Lidas