Polícia

Polícia indicia mãe e padrasto de menina morta em Alvorada por tortura qualificada

Conselheiro tutelar que atuou no caso deve responder por falsificação de documento e falso testemunho
22/06/2022 - 12h20min Corrigir

Polícia Civil divulgou, durante coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (22), que a mãe e o padrasto de Mirella Dias Franco morta no final de maio aos três anos de idade, foram indiciados por tortura qualificada.

A menina foi levada a uma unidade de saúde de Alvorada no dia 31 de maio, já sem vida e com marcas de agressão no corpo. A mãe e o padrasto foram presos no dia 11 de junho.

Já o conselheiro tutelar, que atuou no caso e teria sido negligente com relação aos maus-tratos contra a menina, emitindo um relatório que comprovava a apuração das denúncias de agressão, será indiciado por falsificação de documento público e falso testemunho.

Segundo a delegada Jeiselaure Rocha de Souza, a mãe e padrasto foram indiciados por tortura, na modalidade castigo, qualificada em razão da morte.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, clicando aqui!

Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

Ouça AQUI a web rádio do Blog do Juares!

Siga o Blog do Juares no Google News e recebe notificações das últimas notícias em seu celular, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ART MÓVEIS
CÂMERAS
BORGTE CONSÓRCIOS
FUNERÁRIA CONCÓRDIA
TBK INTERNET
SUPER SÃO JOSÉ
LEDEJAR
GRÁFICA.COM
Mais Lidas
FUNERÁRIA CAMAQUENSEART MÓVEISCÂMERASBORGTE CONSÓRCIOSFUNERÁRIA CONCÓRDIATBK INTERNETSUPER SÃO JOSÉLEDEJARGRÁFICA.COMIDEALPLAST
Ouça a BJ Rádio Web

Está claro demais aqui? O Blog do juares agora conta com o modo escuro. Aperte na lâmpada e apague a luz!