Polícia

Mulher é vítima de golpe do falso aluguel em São Lourenço do Sul

Segundo a Polícia Civil, ela teve um prejuízo de quase R$ 200

Compartilhe:
12/02/2024 - 11h22min Corrigir

Uma mulher foi vítima de golpe do falso aluguel que terminou em um prejuízo de quase R$ 200 em São Lourenço do Sul. Ela relatou à Polícia Civil que estava procurando casa para alugar por temporada na cidade para passar o Carnaval com a família quando um homem a chamou no WhatsApp enviando dados e fotos de um imóvel que ele estaria anunciando na praia da Barrinha. 

O primeiro contato entre a vítima e o golpista ocorreu no dia 22 de janeiro. O criminoso pediu R$ 160 como entrada para realizar o contrato de locação. A mulher afirma que efetuou o pagamento por Pix com chave CPF. Após, ele pediu os dados da vítima para fazer o contrato.

A mulher disse que até o dia 23 o suspeito respondeu as mensagens pelo aplicativo, mas que teria sido bloqueada na última quinta-feira (8). Ela não conseguiu mais contato com o homem.

A vítima relatou ainda que teria conseguido falar com a verdadeira proprietária da residência e a ela confirmou que mais pessoas teriam caído no mesmo golpe.

Dicas

A Polícia Civil (PC) alerta os veranistas que busquem alugar imóveis de conhecidos ou diretamente com as imobiliárias. Uma pesquisa em aplicativos ou imobiliárias da cidade desejada para passar a temporada também ajuda a verificar se a casa não está sendo anunciada para venda ou até mesmo aluguel por outra pessoa ou até preço diverso. Caso alugue de desconhecido, uma visita até o imóvel ou pedir para alguém ir até o imóvel e confirmar se a casa existe antes de fazer o depósito diminui o risco de golpe no período de alta temporada. Além disso, se a pessoa for vítima do golpe, é importante registrar ocorrência por estelionato na delegacia.

O golpe comumente ocorre em praias do Litoral Norte. Em São Lourenço do Sul, à beira da Lagoa dos Patos, na Costa Doce, a prática criminosa vem aumentado nos últimos anos na temporada de verão. No ano passado, cerca de 15 inquéritos relacionados ao golpe foram instaurados na DP do município. O delegado titular, Edson Ramalho, em conversa com o Grupo Blog do Juares de Comunicações na época, afirmou que a maioria dos autores desse tipo de crime era apenado do sistema prisional gaúcho que possui acesso a aparelhos celulares com internet dentro das celas. 

Ramalho apontou que a pouca disponibilidade de imóveis para alugar durante o veraneio na cidade desperta a atenção dos estelionatários. Por sua vez, os criminosos se aproveitam do fato de que a maioria das vítimas mora em outros municípios ou visitaram São Lourenço do Sul poucas vezes para enganá-las. 

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso super grupo no WhatsApp, clicando aqui!

Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

Ouça AQUI a web rádio do Blog do Juares!

Siga o Blog do Juares no Google News e recebe notificações das últimas notícias em seu celular, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

COMERCIAL EM INGLÊS BLOG DO JUARES
AABB
COMERCIAL BLOG DO JUARES
AFUBRA JUNHO 2024
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
FUNERÁRIA BOM PASTOR
TBK INTERNET
CÂMERAS
Mais Lidas
COMERCIAL EM INGLÊS BLOG DO JUARESAABBCOMERCIAL BLOG DO JUARESAFUBRA JUNHO 2024FUNERÁRIA CAMAQUENSEFUNERÁRIA BOM PASTOR
TBK INTERNETCÂMERASSUPER SÃO JOSÉALRS DOAÇÕES RS