Polícia

Criminoso responsável por 30 homicídios em disputa pelo tráfico no RS é capturado em Santa Catarina

Uma das mortes causadas foi de uma estudante, por engano, na Ilha das Flores, em janeiro deste ano

Compartilhe:
22/02/2024 - 14h38min Ascom PCRS / Edição: Redação BJ News Corrigir

Um criminoso apontado pela Polícia Civil gaúcha como responsável por cerca de 30 mortes envolvendo a disputa de fações ligadas tráfico de drogas em Porto Alegre e região metropolitana foi capturado na noite dessa quarta-feira (21). A prisão de Maicon Donizete Pires dos Santos, 32 anos, conhecido como Red Nose, ocorreu em Santa Catarina, durante ação da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de Viamão, com o apoio da Polícia Civil catarinense.

A investigações vinham sendo realizadas desde setembro do ano passado para capturar o foragido, sendo que nos últimos dois meses as buscas se intensificaram, inclusive com deslocamentos frequentes dos policiais até Santa Catarina. Red foi localizado em Garopaba, no litoral sul catarinense.

O preso é apontado pela investigação por ter participação em pelo menos, 30 mortes na região norte e sul de Porto Alegre e Região Metropolitana, como Viamão, Alvorada e Canoas. Uma das mortes causadas foi da estudante Sarah Silva Domingues, na Ilha das Flores, por engano, em janeiro deste ano.

Durante coletiva de imprensa realizada na Cidade da Polícia, o secretário de Segurança Pública do RS, Sandro Caron, falou sobre a importância desta prisão: “Foram seis meses de trabalho técnico e de investigação. Esta foi a prisão mais importante que tínhamos que fazer para reduzir os homicídios no Rio Grande do Sul”, disse Caron.

O chefe de polícia, delegado Fernando Sodré, durante sua fala, destacou: “O indivíduo preso é dissidente de um grupo criminoso da Capital e, desde setembro do ano passado, com essa dissidência, ocorreram conflitos entre organizações criminosas que ocasionaram diversas mortes no Rio Grande Sul. Trata-se de um indivíduo de alta periculosidade e que tem vinculação de forma direta ou indireta com inúmeras mortes”.

Já o diretor da Divisão de Homicídios da Região Metropolitana, delegado Rafael Pereira, falou sobre a prisão: “Temos o objetivo de prender não apenas os executores e mandantes, mas também os líderes de organização criminosa, que também se beneficiam desses conflitos em busca de território”, afirmou.

As buscas permanecem sendo realizadas em cidades de Santa Catarina, em continuidade das investigações, às quais terão desdobramento no que tange à asfixia financeira do dinheiro ilícito angariado pelo traficante preso. 

De acordo com a polícia, o grupo comandado por Red Nose movimenta cerca de R$ 1 milhão por semana com a venda de drogas. O traficante é investigado por dar golpe na facção criminosa a qual pertencia, motivo que gerou os confrontos.

Antes de se tornar líder junto ao tráfico, o criminoso era responsável por lavar dinheiro de uma facção que tem berço no bairro Bom Jesus, zona leste da Capital, segundo o delegado Cassiano Cabral, da Divisão Estadual de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (DRLD), do Deic.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso super grupo no WhatsApp, clicando aqui!

Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

Ouça AQUI a web rádio do Blog do Juares!

Siga o Blog do Juares no Google News e recebe notificações das últimas notícias em seu celular, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA BOM PASTOR
COMERCIAL BLOG DO JUARES
BJ RÁDIO WEB | CAMAQUÃ (RS)
TBK INTERNET
CÂMERAS
COMERCIAL EM INGLÊS BLOG DO JUARES
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SUPER SÃO JOSÉ
Mais Lidas
FUNERÁRIA BOM PASTORCOMERCIAL BLOG DO JUARESBJ RÁDIO WEB | CAMAQUÃ (RS)
TBK INTERNETCÂMERASCOMERCIAL EM INGLÊS BLOG DO JUARESFUNERÁRIA CAMAQUENSESUPER SÃO JOSÉAABB