Geral

Veja como estão os serviços de infraestrutura no Rio Grande do Sul

Boletim traz a situação sobre fornecimento de energia elétrica, água e telefonia e o panorama de escolas e rodovias

Compartilhe:
15/05/2024 - 10h03min Corrigir

O Governo do RS retomou a divulgação do monitoramento dos serviços de infraestrutura após as fortes chuvas que começaram atingiram o estado. Os dados são reunidos pela Secretaria de Comunicação, a partir de informações enviadas pelas secretarias do Meio Ambiente e Infraestrutura, de Logística e Transportes, e da Educação.

Além de atualizar o nível das águas e a situação do fornecimento de água, energia elétrica e telefonia, os boletins também trazem um painel interativo sobre bloqueios em rodovias gaúchas, outro sobre rotas alternativas e, ainda, o panorama nas escolas da Rede Estadual e dos portos e aeroportos.

A divulgação ocorre duas vezes ao dia, às 9h e às 18h, e o monitoramento seguirá até que haja normalização dos serviços e desbloqueio das estradas.

Rios às 9h

  • Lago Guaíba - Porto Alegre – 5,21 metros (cota inundação 3,00 Centro; 2,10 Ilhas)

  • Rio dos Sinos - São Leopoldo - 6,98 metros (cota inundação 4,50)

  • Rio Gravataí - Passo das Canoas - 5,83 metros (cota inundação 4,75)

  • Rio Taquari - Muçum – 8,21 metros (cota inundação 18,00)

  • Rio Caí - Feliz – 3,84 metros (cota inundação 9,00)

  • Rio Uruguai - Uruguaiana – 11,45 metros (cota inundação 8,50)

  • Lagoa dos Patos - São Lourenço do Sul – 2,60 metros 16h-14/05 (cota inundação 1,30)

Energia elétrica, água e telefonia

  • CEEE Equatorial: 126.839 pontos sem energia elétrica (6.9% do total de clientes);
  • RGE Sul: 127.000 pontos sem energia elétrica (4,1% do total de clientes);
  • Corsan: 136.382 clientes sem abastecimento de água (5% do total de clientes);
  • Tim: serviço normalizado;
  • Vivo: 6 municípios sem serviços de telefonia e internet;
  • Claro: 2 municípios sem serviços de telefonia e internet.

Panorama nas escolas estaduais

Dados das escolas afetadas (danificadas, servindo de abrigo, com problemas de transporte, com problema de acesso e outros):

  • 1.064 escolas
  • 249 municípios
  • 29 CREs
  • 377.442 estudantes impactados
  • 542 escolas danificadas com 221.955 estudantes matriculados
  • 113 escolas servindo de abrigo

Rodovias

As chuvas que atingiram o Estado provocam danos e alterações no tráfego nas rodovias estaduais gaúchas. Atualmente, são 93 trechos com bloqueios totais e parciais em 49 rodovias, entre estradas, pontes e balsas. As informações são do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), consolidadas com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), abrangendo também rodovias concedidas e as administradas pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).

A Secretaria de Logística e Transportes (Selt) trabalha para desobstruir as rodovias o mais rápido possível, de maneira a garantir o tráfego de veículos e pedestres. Veja a seguir a situação de cada rodovia atingida.

Portos e aeroportos

As chuvas e enchentes que atingem o Estado destruíram boa parte da infraestrutura de estradas do Rio Grande do Sul. Por isso, portos e aeroportos formam corredores de transporte fundamentais nesse momento, trazendo socorro e garantindo o abastecimento das regiões atingidas.

Confira a situação dos três portos e dos principais aeroportos regionais que operam no Rio Grande do Sul.

Aeroportos
  • Aeroporto Internacional Salgado Filho: a Fraport Brasil, administradora do terminal, informa que as operações no Porto Alegre Airport seguem suspensas por tempo indeterminado. A orientação aos passageiros é para que entrem em contato com a sua companhia aérea para mais informações sobre os seus voos.

Aeroportos administrados pelo governo do Estado operam normalmente:

  • Canela
  • Capão da Canoa
  • Carazinho
  • Erechim
  • Passo Fundo
  • Rio Grande
  • Santo Ângelo
  • Torres
Os aeroportos administrados pela CCR aeroportos operam normalmente: 
  • Bagé
  • Pelotas
  • Uruguaiana
Aeroportos municipais
  • Caxias do Sul: opera normalmente.
  • Santa Cruz do Sul: opera normalmente.
Portos
  • Porto de Porto Alegre - mantém suspensas as operações, em razão da manutenção do nível do Lago Guaíba acima da chamada cota de inundação.
  • Porto de Pelotas - o embarque de toras de madeira segue suspenso e as atividades estão paralisadas no terminal.
  • Porto do Rio Grande - segue operando normalmente.

Travessia para São José do Norte - o serviço de transporte de veículos segue operando normalmente, enquanto o de passageiros encontra-se suspenso, em razão do aumento do nível da Laguna dos Patos.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso super grupo no WhatsApp, clicando aqui!

Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

Siga o Blog do Juares no Instagram clique aqui!

Siga o Blog do Juares no Facebook clique aqui!

Ouça AQUI a web rádio do Blog do Juares!

Siga o Blog do Juares no Google News e recebe notificações das últimas notícias em seu celular, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

CÂMERAS
COMERCIAL EM INGLÊS BLOG DO JUARES
AABB
FUNERÁRIA BOM PASTOR
SUPER SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
COMERCIAL BLOG DO JUARES
AFUBRA MAIO 2024
Mais Lidas
CÂMERASCOMERCIAL EM INGLÊS BLOG DO JUARESAABBFUNERÁRIA BOM PASTORSUPER SÃO JOSÉFUNERÁRIA CAMAQUENSECOMERCIAL BLOG DO JUARES
AFUBRA MAIO 2024TBK INTERNET