Saúde

Confira sete dicas de adaptações para cuidar da saúde do idoso no inverno

A estação é conhecida por elevar o aparecimento de doenças respiratórias, além de aumentar os riscos de complicações cardiovasculares
02/08/2021 - 13h32min Markable Comunicação Corrigir

As baixas temperaturas são sempre um motivo de preocupação com a saúde, afinal, é no inverno, quando a umidade fica baixa, que é mais comum a ocorrência de doenças respiratórias e também o aumento de complicações cardiovasculares. O idoso, por possuir uma reserva fisiológica mais restrita, tem menos capacidade de enfrentar essas condições climáticas e responde com o aumento exacerbados dos níveis de pressão arterial, transtornos de coagulação sanguínea e maior propensão a infecções típicas do frio, que podem desencadear eventos cardiovasculares.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

A coordenadora técnica da Home Angels, Janaína Rosa, rede de cuidadores de idosos, preparou algumas dicas de adaptação simples no dia a dia para os idosos.

Na hora do banho, escolha o horário mais quente do dia e, se possível, aqueça o banheiro antecipadamente. Mas é importante se atentar e abrir uma frestinha da porta para que a temperatura de ambos os ambientes, banheiro e quarto, fique próxima.
Seque o corpo e coloque a primeira camada de roupa ainda no próprio banheiro para evitar a corrente de ar. Mas lembre-se, não esqueça de hidratar bem a pele.

Se os cabelos estiverem molhados, use um secador e aguarde para sair de casa, pois ainda há calor do banho e do aparelho que deixa o corpo quente.

Como a reserva hídrica na terceira idade é menor, o idoso acaba ingerindo poucos líquidos, aumentando as chances de desidratação. Por isso, é muito importante aumentar a oferta de bebidas como água, sucos, chás, caldos e sopas. Além de hidratar, aquecem o corpo.

Caso esteja mais frio à noite, coloque uma manta no colchão para ajudar a reter a temperatura.

Para os idosos acamados, a vestimenta é um detalhe que merece atenção e caso haja a necessidade de trocas de fraldas, calças e blusas podem não ser a melhor opção. Nesse caso, aposte em camisolas e camisas de manga comprida de flanela e meias térmicas antiderrapantes ou meião para as pernas, assim como também cai bem um cobertor sobre o corpo, que tem como objetivo aquecer e reter o calor ao longo do dia.

Outra dica para os acamados é colocar trocadores absorventes em cima do lençol, pois, caso tenha escape de urina, a troca se torna mais rápida e a cama não ficará fria.

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

KNN IDIOMAS
CÂMERAS EXTERNAS
PIX
OLIDATA
SERVI
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
FUNERÁRIA BOM PASTOR
MÁRIO SERRALHEIRO
ART MÓVEIS
ELETRO CLIC
SUPER SÃO JOSÉ