Blog do Juares | Inter e Grêmio iniciam disputa pelo título do Campeonato Gaúcho

Camaquã-RS
12:22
19/04/2019

Blog do Juares | Inter e Grêmio iniciam disputa pelo título do Campeonato Gaúcho

Redes Sociais

Facebook Twitter Whats RSS
RELEMBRE OS BONS MOMENTOS

Notícias - Esportes

Inter e Grêmio iniciam disputa pelo título do Campeonato Gaúcho

Dupla Gre-Nal chega ao primeiro clássico decisivo em situação semelhante
14/04/2019 | 12h06 - Fonte: Correio do Povo / Foto: Montagem com fotos de Fabiano do Amaral / CP memória & Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP memória
Compartilhe:

A gangorra, pelo menos momentaneamente, está arquivada no Rio Grande do Sul. Afinal, desta vez, nem Inter, nem Grêmio vivem uma situação tão distintamente superior à do outro. Ambos atravessam uma boa fase, coincidência não muito comum na história do Gre-Nal. E é assim que os rivais históricos se enfrentarão para decidir qual deles será o campeão gaúcho em 2019. O primeiro jogo é neste domingo (14), às 16h, no Beira-Rio. O outro, quarta-feira, na Arena, às 21h30min.

O Inter vem de um histórico pior. Enquanto o Grêmio revivia uma história de grandes títulos, o Colorado esteve na Série B. Voltou, recuperou-se e construiu um time capaz de não só encarar o adversário em igualdade de condições como também de vencê-lo. Neste momento, o Inter disputa a Libertadores com uma performance extremamente positiva. São três vitórias e um empate em quatro jogos. Chegou à final do Gauchão com tranquilidade, mas sem a melhor campanha − mérito conquistado pelo Grêmio, que leva o segundo jogo da final para a Arena.

Além disso, neste tempo, desenvolveu uma mecânica de equipe eficiente, que propiciou a evolução individual das peças. Jogadores como Nico López e Edenilson ganharam um protagonismo antes exclusivo de D'Alessandro e, mais recentemente, receberam a companhia de Paolo Guerrero, que marcou três gols em apenas dois jogos com a camisa do Inter.

Odair Hellmann, que já acumula quase um ano e meio no cargo, não disse qual escalação começa o Gre-Nal. Também fez alguns treinos fechados durante a semana, como ontem. Em sua entrevista, não confirmou o time e disse que só divulgará o nome dos seus 11 titulares pouco antes de a bola rolar no Beira-Rio.

Porém, há pouca margem para mistérios. A única indefinição é sobre a presença de Rodrigo Dourado, que sofreu uma pancada no joelho esquerdo na vitória sobre o Palestino, faz tratamento intensivo, mas não deve ter condições de jogo. A tendência é Odair optar por Rithely, embora também exista Rodrigo Lindoso como alternativa.

O Grêmio chegou à final do Gauchão com uma campanha praticamente perfeita. Em 15 jogos, foram 11 vitórias e quatro empates, com 38 gols feitos e apenas um sofrido. A invencibilidade será colocada à prova no clássico. Ao contrário do rival, Renato Portaluppi comanda uma equipe que mudou pouco nos últimos dois anos e meio.

O Tricolor vive boa fase desde 2016, quando encerrou um longo jejum de títulos. Recentemente, passou por um momento turbulento com as más atuações na Libertadores, mas retomou a confiança com a vitória sobre o Rosario Central no meio de semana. “Mais do que nunca, voltou a confiança total. Em um momento como esse, no qual havia questionamentos sobre algumas coisas, foi fundamental a vitória. Afinal, domingo temos os primeiros 90 minutos da final do Estadual”, disse o treinador.

A atuação na Libertadores da América convenceu o técnico de que é preciso dar continuidade à equipe. Por isso, Renato deve escalar o mesmo time que atuou diante do Central. No lado gremista, durante a semana, em todas as entrevistas de jogadores destacou-se a boa fase do Inter. Enfim, há bastante tempo que a frase “Gre-Nal não tem favorito” não é tão atual como nessa decisão do Gauchão.

Gauchão – primeiro jogo da final

Inter
Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rithely (Rodrigo Dourado), Edenílson, Patrick, D'Alessandro e Nico López; Paolo Guerrero.
Técnico: Odair Hellmann.

Grêmio
Paulo Victor; Leonardo Gomes, Pedro Geromel, Walter Kannemann e Bruno Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Jean Pyerre, Diego Tardelli e Everton; André.
Técnico: Renato Portaluppi.

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).
Horário: 16h

Árbitro: Leandro Vuaden
Auxiliares: Élio Nepomuceno de Andrade Júnior e José Eduardo Calza

Compartilhe:

comentários