Política

Deputado federal trabalha para destinar recursos para IFSul de Camaquã

Informação foi dada durante visita à instituição
02/06/2019 - 14h17min Assessoria Professor Leandro / Edição: Blog do Juares Corrigir

O deputado federal Elvino Bohn Gass (PT) visitou na manhã desta sexta-feira (31) o campus IFSul de Camaquã. O deputado acompanhado do professor Leandro Neutzling Barbosa, presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores e pré candidato a prefeito, e o vereador Eduardo Silva de Arambaré, conversou com o diretor do campus, Talles Amorim sobre os cortes de verbas da educação.

Os cortes afetam diretamente os serviços terceirizados, podendo cortar mais de 20 postos de trabalho, além de 14 bolsas de estágios. “São mais de 20 famílias de correm o risco de ficar sem o seu ganha pão devido ao corte de verbas da educação”, lamentou o professor Leandro, destacando que a instituição terá dificuldade para pagar as contas de serviços básicos, como energia elétrica.  

De acordo com o professor Leandro, a qualidade do ensino oferecido pela instituição, onde a maioria dos professores são mestres e doutores, será mantida, mas aulas práticas como aquelas que fazem uso de laboratório ou saídas de campo, serão afetadas pela redução de recursos. “Realmente não há dinheiro para tudo, mas cortar em educação demonstra um grande despreparo e falta de gestão, e isso se aplica a qualquer governo”, explica o professor, que salienta que cortes poderiam ser feitos em cartões corporativos, entre outros.

Com a intensão de amenizar os impactos dos cortes, Bohn Gass afirmou que pode alocar emenda no IFSul, o que foi bem recebida pelo diretor do campus. “Sou contra as emendas parlamentares dos deputados, mas como o sistema é esse, optei por distribuir de maneira democrática e para onde mais precisa, como educação e saúde”, diz o deputado.

De acordo com o professor Leandro, em 2018 os benefícios previdenciários destinados a Camaquã foram superiores a R$ 221 milhões, já o recurso destinado pelo Fundo de Participação dos Municípios foi de apenas R$ 43 milhões.  “Esse dinheiro de aposentadorias são gastos aqui, no comércio local, gerando emprego e renda a toda sociedade”, ressalta o professor, destacando que com a reforma da previdência o trabalhador terá mais dificuldade de se aposentar, o que deve afetar a economia local.

Para o professor, prefeitos e vereadores devem estar atentos aos impactos nos municípios, pois deve afetar diretamente a arrecadação e os investimentos das prefeituras. “Os representantes locais precisam ter consciência da situação”, afirma.

Almoço em Arambaré

Após a visita ao IFSul e entrevistas aos veículos de comunicação, o deputado, acompanhado do vereador Eduardo Silva, participou de almoço entre amigos e lideranças de Arambaré.

MAIS NOTÍCIAS

RÁDIO SÃO JOSÉ
GRUPO WHATSAPP
ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ART MÓVEIS
ELETRO CLIC
LAVAGEM FERNANDES
ADRIANO CONRADO
MIX BEBIDAS
OLIDATA
SUPER SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA BOM PASTOR
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +