Política

CCJ da Assembleia aprova Projeto para controle de javalis no RS

Proposta visa instituir medidas eficazes para o controle e manejo de espécies exóticas invasoras, como o javali

Compartilhe:
02/04/2024 - 10h34min Corrigir

Um passo significativo na conservação ambiental e na segurança agrícola foi dado nesta terça-feira (2) com a aprovação do Projeto de Lei 417/2023 pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). A iniciativa conjunta dos deputados Capitão Martim e Delegado Zucco, do Republicanos, contou com o parecer favorável do deputado Cláudio Tatsch (PL).

A proposta visa instituir medidas eficazes para o controle e manejo de espécies exóticas invasoras, como o javali, que representam uma ameaça crescente ao meio ambiente, à agricultura, à pecuária e à saúde pública do Estado.

Impulso Fundamental para a Sustentabilidade Ambiental no RS

O PL 417/2023 representa uma solução crucial para a preservação da biodiversidade e a sustentabilidade ambiental no Rio Grande do Sul. A legislação proposta permite intervenções direcionadas para controlar populações de espécies exóticas nocivas, buscando reduzir seus impactos negativos no ecossistema, na economia local e na saúde da comunidade.

"O avanço descontrolado de espécies como o javali em nossas áreas rurais e até urbanas exige uma ação imediata do governo. Precisamos proteger nossos agricultores e a população em geral", enfatiza o deputado Capitão Martim, destacando a importância do projeto.

Consequências Alarmantes e a Necessidade de Ação Urgente

A ausência de controle adequado sobre as espécies exóticas resultou em prejuízos significativos para o Rio Grande do Sul, abrangendo a destruição de culturas agrícolas, a transmissão de doenças como a peste suína africana e a raiva, e o desequilíbrio ecológico provocado pela competição com espécies nativas por recursos.

Diante dos danos já observados e dos riscos potenciais, a aprovação do PL 417/2023 representa um marco vital. "É fundamental perceber a urgência desta legislação e ajam prontamente para prevenir danos maiores ao nosso meio ambiente, economia e saúde pública", ressalta o deputado Martim.

Mobilização para a Proteção do Rio Grande do Sul

O apoio à iniciativa não vem apenas dos legisladores estaduais, mas é apoiada fortemente entre os produtores rurais que enfrentam prejuízos e inseguranças devido aos impactos das espécies invasoras. O avanço do PL 417/2023 é visto como uma resposta efetiva a essas preocupações, abrindo caminho para uma nova fase de gestão ambiental e proteção da diversidade biológica no Rio Grande do Sul.

"Ao aprovar a tramitação deste projeto pela CCJ, é essencial que nos unamos para assegurar sua aprovação no Parlamento. A preservação do nosso meio ambiente, o fortalecimento da nossa economia e a proteção da saúde da nossa população exigem um compromisso coletivo. Estamos atuando para garantir um futuro mais seguro e sustentável para o Rio Grande do Sul", conclui Capitão Martim, projetando um futuro esperançoso e sustentável para o Estado.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso super grupo no WhatsApp, clicando aqui!

Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

Ouça AQUI a web rádio do Blog do Juares!

Siga o Blog do Juares no Google News e recebe notificações das últimas notícias em seu celular, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

TBK INTERNET
CÂMERAS
AABB
SUPER SÃO JOSÉ
COMERCIAL EM INGLÊS BLOG DO JUARES
FUNERÁRIA BOM PASTOR
BJ RÁDIO WEB | CAMAQUÃ (RS)
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
COMERCIAL BLOG DO JUARES
Mais Lidas
TBK INTERNETCÂMERASAABBSUPER SÃO JOSÉCOMERCIAL EM INGLÊS BLOG DO JUARESFUNERÁRIA BOM PASTORBJ RÁDIO WEB | CAMAQUÃ (RS) FUNERÁRIA CAMAQUENSECOMERCIAL BLOG DO JUARES