Política

Melhora da economia aumenta aprovação ao governo Bolsonaro, diz Datafolha

Segundo a última pesquisa, o otimismo com a atividade econômica chegou a 43%, após os 40% registrados em agosto
08/12/2019 - 14h23min Corrigir

Nova pesquisa Datafolha mostra que parte da população voltou a ter uma expectativa positiva em relação à economia. Com isso, a perda de popularidade do governo do presidente Jair Bolsonaro, registrada nos últimos meses, parou de crescer. 

A taxa de aprovação da sua administração passou de 29% para 30% na primeira semana de dezembro, enquanto a de reprovação, que passou de 30% para 38% nos primeiros oito meses após a posse, ficou agora em 36%, ambos dentro da margem de erro de dois pontos porcentuais para mais ou para menos. O otimismo em relação à atividade econômica nos próximos meses aumentou para 43%, ant0% em agosto e 50% no início do governo. 

Veja também: Camaquense morre em acidente de carreta no Piauí

Segudo o levantamento, a taxa de aprovação ao trabalho da equipe econômica do governo subiu de 20% para 25%, e a do combate ao desemprego foi de 13% para 16%. Foi contatado que essa melhora de percepção é maior entre os mais ricos do que nas camadas mais pobres da população, e também em relação aos índices de popularidade do governo. 

Para 55%, a crise que o Brasil atravessa deve demorar para acabar, e o País não voltará a crescer tão cedo. Já 37% acham que a crise será ultrapassada em meses. Em relação ao combate à corrupção, a taxa de aprovação do governo caiu de 34% para 29%, enquanto a de reprovação subiu de 44% para 50%. 

Para a Cultura, a aprovação caiu de 31% para 28% e os que avaliam o governo como péssimo/ruim nessa área oscilaram de 33% para 34%, e os que consideram regular, de 32% para 34%. A nota média atribuída pelos entrevistados ao presidente foi de 5,1, a mesma de agosto, em uma escala de zero a dez, indica a sondagem. 

Para 28% dos entrevistados, na maioria das vezes Bolsonaro não se comporta como o cargo de presidente da República exige, e, em algumas situações, para 25%. Outros 28% acham que ele nunca se comporta adequadamente. 

Segundo o Datafolha, 43% da população diz que nunca confia no que Bolsonaro fala; 37% acham que suas declarações só merecem credibilidade às vezes; e 19% dizem sempre acreditar no que ele fala. 

Sobre a imagem do Brasil no exterior, 39% acham que piorou um ano depois que Bolsonaro assumiu a Presidência; 25% dizem que o prestígio ficou igual; e 31% afirmam que ele melhorou. O Datafolha entrevistou 2.948 pessoas em 176 municípios na quinta-feira (5) e sexta-feira (6). As entrevistas foram feitas pessoalmente em locais de grande circulação.

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA BOM PASTOR
Lucas Imobiliária
RÁDIO SÃO JOSÉ
ADRIANO CONRADO
PEGLOW
Petroman
OLIDATA
ROGÉRIO CALÇADOS
FUNERÁRIA JARDIM
SPEED CAR
SUPER SÃO JOSÉ
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
JOMAR GÁS
ART MÓVEIS
ELETRO CLIC
GRÁFICA.COM
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +