Esportes

Inter tem Beira-Rio como trunfo para decisão contra o Esportivo

Jogadores colorados comemoraram a possibilidade de disputar semifinal do returno em casa
02/08/2020 - 11h29min Corrigir

Desde que o futebol foi retomado, há dez dias, já houve até um Gre-Nal. Mas jogo decisivo, daqueles nos quais há a dramaticidade e a dependência da vitória para seguir na competição, o Inter viverá o primeiro neste domingo (2), às 16h, no Beira-Rio – a prefeitura de Porto Alegre liberou a realização de jogos na Capital. O time enfrenta o Esportivo, enfim dentro da sua casa, em partida que vale vaga na final do returno do Campeonato Gaúcho. Se perder, está fora. Se vencer, segue em busca do título. Empate leva aos pênaltis.

Depois de anos de pujança, o Inter vive uma escassez inédita no século. Desde 2016, quando foi campeão gaúcho pela última vez, o clube não coloca qualquer taça em sua galeria. O jejum pesa sobre o grupo de jogadores, sobre os dirigentes e até sobre Coudet, que chegou em dezembro. “Vai ser uma partida difícil. É eliminatória. Por isso, não podemos cometer erros. Temos que seguir fazendo o mesmo de sempre. E se repetirmos no jogo o que estamos fazendo no treino, temos boas chances de passar de fase”, diz o lateral Renzo Saravia.

O Beira-Rio é o maior trunfo dos colorados. Não se trata apenas de uma volta para casa. O esquema montado por Eduardo Coudet, que privilegia a troca de passes, a pressão alta e a intensidade, é favorecido sobre um gramado com qualidade. A diferença já foi observada na comparação das duas primeiras partidas (derrota no Gre-Nal, no Centenário, e empate com o Esportivo, em Bento) com a mais recente (vitória sobre o Aimoré, no CT Morada dos Quero-Queros).

“A última partida foi a nossa melhor, principalmente por causa do gramado. Foi difícil jogar o Gre-Nal em Caxias. O outro estava pior ainda, segundo o que falaram meus companheiros. Então, é complicado comparar as atuações. Mas o que a gente quer é continuar neste caminho”, enfatizou o zagueiro Victor Cuesta, que comemora a volta para casa: “É muito importante jogar no Beira-Rio. Já treinamos lá. O campo está excelente. Agora, temos que colocar em prática tudo que treinamos até agora”.

O time está praticamente definido. Thiago Galhardo, de boa atuação na rodada passada, seguirá no time fazendo companhia a Paolo Guerrero no setor ofensivo. Assim, D’Alessandro permanece como opção no banco de reservas. No meio-campo, Coudet não contará com Rodrigo Lindoso, que sofreu uma pequena lesão muscular que o deixará fora por cerca de duas semanas. Ele será substituído por Musto. 

O Esportivo chega embalado. Na quarta, surpreendeu o Juventude no Alfredo Jaconi, venceu por 3 a 2 uma partida emocionante e ficou com a vaga. Como prêmio, garantiu-se também na Série D do Brasileirão e na Copa do Brasil de 2021. Para enfrentar o Inter, o técnico Carlos Moraes dispõe de praticamente todo o grupo de jogadores. A partir da boa atuação principalmente no segundo tempo do jogo contra o Juventude, pode promover algumas mudanças na escalação.

Campeonato Gaúcho - Semifinal do returno 

Inter

Marcelo Lomba; Saravia, Bruno Fuchs, Cuesta e Moisés; Musto, Boschilia, Marcos Guilherme e Edenílson; Thiago Galhardo e Guerrero. Técnico: Eduardo Coudet 

Esportivo

Renan; Bovi, Cleiton, Luis Eduardo e Xaro; Gullithi, Robert, João Pedro e Igor Bosel; Gustavo Sapeka e Marcão. Técnico: Carlos Moraes

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data e hora: 2/08, às 16h

MAIS NOTÍCIAS

ART MÓVEIS
SUPER SÃO JOSÉ
ELETRO CLIC
OLIDATA
LAVAGEM FERNANDES
ROGÉRIO CALÇADOS
ADRIANO CONRADO
MIX BEBIDAS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
RÁDIO SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA BOM PASTOR
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +