Política

Projeto autoriza prisão de motorista embriagado que causa acidente com morte

Nogueira: “É urgente a adoção de medidas processuais compatíveis com a gravidade do crime”
24/09/2020 - 11h29min Agência Câmara de Notícias Corrigir

O Projeto de Lei 4151/20 autoriza a prisão preventiva de motorista embriagado que causa acidente com morte. A proposta, que tramita na Câmara dos Deputados, inclui esta hipótese no Código de Processo Penal (CPP).

A prisão preventiva pode ser decretada de ofício pelo juiz se houver indício de autoria e provas do crime, além da necessidade de garantir a instrução penal ou a ordem pública. Hoje o CPP restringe a medida aos casos de crimes dolosos (cometidos com intenção) com pena acima de 4 anos; condenação prévia; ou violência doméstica.

O autor da proposta, deputado Dagoberto Nogueira (PDT-MS), argumenta que, por se tratar de crime culposo, decorrente de imprudência, as mortes provocadas por motoristas sob influência de álcool ou drogas não permitem prisão preventiva.

Para ele, o aumento da violência no trânsito exige mais rigor da lei contra quem assume o risco de matar ao assumir o volante após o consumo de álcool ou drogas.

“É necessária e urgente a adoção de medidas processuais compatíveis com a gravidade do crime em questão. Os dados acerca da violência no trânsito são incontestáveis e a indignação da sociedade diante dessa violência faz com que a população cobre do legislativo uma resposta”, justifica.

MAIS NOTÍCIAS

SUPER SÃO JOSÉ
FUNERÁRIA BOM PASTOR
ROGÉRIO CALÇADOS
PADARIA ESTRELA
RÁDIO SÃO JOSÉ
ART MÓVEIS
ADRIANO CONRADO
FAMOSOS
RESTAURANTE COME COME
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
ELETRO CLIC
OLIDATA
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +