Rural

Agricultores familiares de Charqueadas dão início à cooperativa com apoio da Emater

Iniciativa visa acesso a mercados institucionais e fortalecimento da produção local

Compartilhe:
23/02/2024 - 15h10min Ascom Emater/RS-Ascar Corrigir

Condições impostas pelo mercado convencional estavam desestimulando agricultores familiares de Charquedas para o desenvolvimento das atividades produtivas. Neste contexto, a equipe municipal da Emater/RS-Ascar iniciou em 2017 um trabalho junto a algumas famílias visando sua melhor organização, especialmente para o acesso aos mercados institucionais, através de políticas públicas como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), discutindo o cooperativismo como um caminho para oportunizar o acesso a setores de forma direta.

“Dentre os trabalhos e atividades, realizamos inúmeras visitas e reuniões com as famílias e também algumas oficinas de formação em cooperativismo. Esse esforço inicial foi necessário para que as famílias pudessem conhecer o que é uma cooperativa, os seus objetivos, estrutura e entender sua forma de funcionamento”, explica o extensionista rural da Emater/RS-Ascar, Márcio Marrek Berbigier.

Em 14 de Dezembro de 2017, com a participação de 28 sócios fundadores, foi realizada a primeira assembleia geral, visando a constituição e aprovação do estatuto e regimento interno da Cooperativa dos Agricultores Familiares de Charqueadas (Coafchar). Após a regulamentação da documentação, o primeiro contrato assinado foi em 2018, com a Prefeitura, para o fornecimento de diversos gêneros alimentícios à rede municipal de educação por meio do PNAE.

“Durante esse processo, firmamos parceria com as nutricionistas responsáveis pela definição dos cardápios, que se mostraram muito comprometidas e dispostas a promover adaptações dos cardápios das escolas, a partir dos gêneros alimentícios de produção local”, informou Berbigier.

Desde 2018 a cooperativa obteve um aumento em seu quadro de associados, se mantendo atuante, embora com um volume de comercialização baixo e somente em alguns nichos de mercados institucionais locais, como a venda para a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), por meio de chamada pública, e para a rede de educação municipal e algumas escolas estaduais pelo PNAE.

Berbigier destaca que para 2024 novas expectativas começaram a ser criadas com a abertura de novas possibilidades, com destaque ao PAA, através do qual a cooperativa já possui contrato assinado junto à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), entidade fornecedora na modalidade de doação simultânea e com execução programada para os próximos 10 meses, atendendo a 400 famílias urbanas em situação de insegurança alimentar.

“A Coafchar é uma dessas pequenas cooperativas, que enfrentam enormes dificuldades em todas as pontas da cadeia produtiva, o que exige um trabalho importante e articulado junto à equipe técnica, que se desafia a identificar as diferentes vulnerabilidades e obstáculos existentes para que possamos juntos criar estratégias de atuação a fim de contribuir com a superação de todas elas”, concluiu o extensionista.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso super grupo no WhatsApp, clicando aqui!

Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

Ouça AQUI a web rádio do Blog do Juares!

Siga o Blog do Juares no Google News e recebe notificações das últimas notícias em seu celular, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

BJ RÁDIO WEB | CAMAQUÃ (RS)
COMERCIAL EM INGLÊS BLOG DO JUARES
CÂMERAS
TBK INTERNET
AABB
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
COMERCIAL BLOG DO JUARES
SUPER SÃO JOSÉ
Mais Lidas
BJ RÁDIO WEB | CAMAQUÃ (RS) COMERCIAL EM INGLÊS BLOG DO JUARESCÂMERAS
TBK INTERNETAABBFUNERÁRIA CAMAQUENSECOMERCIAL BLOG DO JUARESSUPER SÃO JOSÉFUNERÁRIA BOM PASTOR