Cultura

Relembre a história do Papai Noel da Lomba da Delegacia, um marco da cultura de Camaquã

Página “Fotos Antigas Memoráveis, Camaquã RS” recordou a ideia tida pela artista plástica e professora Valéria Blasczkievicz e que permanece até hoje na memória dos camaquenses
08/12/2020 - 15h37min Corrigir

A página “Fotos Antigas Memoráveis, Camaquã/RS” recordou a história por trás do lendário Papai Noel da Lomba da Delegacia, que por muito tempo esteve pintado na subida da Rua Luiza Maraninchi, no centro de Camaquã, e permanece até hoje no imaginário de Natal dos camaquenses daquela época.

A ideia de desenhar o personagem foi da artista plástica e professora Valéria Blasczkievicz. Segundo o depoimento da artista ao editor da página, Edilon Ávila, o projeto surgiu em meados do mês de novembro de 1994. Valéria contou que conseguiu uma doação de 45 litros de tinta de pessoas e comércios de toda a quadra e dos quais era cliente.

O trabalho começou a ser executado às 6 horas do primeiro sábado de dezembro daquele ano. O pai de Valéria, seu Ariosto, já falecido, auxiliou na marcação do desenho, que foi feita com visão distanciada. Os traços eram feitos por seu Ariosto, enquanto Valéria, que estava em frente à Sorveteria Dröse, direcionava o pai utilizando um rádio comunicador, já que não existia telefone celular naquela época.

A Prefeitura, administrada pelo prefeito Hermes da Rocha, auxiliou no fechamento da rua e na capina. O Corpo de Bombeiros realizou a limpeza antes da pintura. Ao todo, foram 380 m² pintados em dois dias. O trabalho só foi finalizado às 16 horas do domingo.

Valéria recordou que foi um momento muito marcante, pois o objetivo era levar alegria para criançada. "Valeu cada segundo de sol subindo e descendo", disse ela à página. Além da ajuda do pai, a artista também contou com a colaboração da irmã, Claudia Blasczkievicz, na realização de sua ideia.

Claudia lembrou de cada minuto de doação e dedicação de todos na empreitada, pois também foi fundamental para finalizar a mega obra de arte pintada em via pública, apontada por muitos camaquenses como um marco histórico do município. 

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA CAMAQUENSE
OLIDATA
SUPER SÃO JOSÉ
ANUNCIE AQUI
ELETRO CLIC
ROGÉRIO CALÇADOS
MÁRIO SERRALHEIRO
ART MÓVEIS
FUNERÁRIA BOM PASTOR
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +
*/ ?>