Justiça

Justiça define transferência de jovem envolvido no acidente com a BM na última quarta

O prazo estipulado pelo juiz para o cumprimento da ação se encerra no final do domingo (26)
26/01/2020 - 13h37min Atualizada em 27/01/2020 - 12h12min Matheus Garcia / Blog do Juares Corrigir

A justiça determinou que Nicolas Wellington dos Santos Viegas (21), jovem sobrevivente do acidente com a Brigada Militar, ocorrido na última quarta-feira (22), em Camaquã, deve ser removido até o final deste domingo (26). A transferência será feita para um hospital de média a alta complexidade mais próximo. O Estado tem que fornecer a vaga pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas caso isso não aconteça, a família buscará leito em um hospital particular e o RS terá que arcar com as despesas.

O despacho foi assinado pelo juiz de direito Luiz Otávio Braga Schuch, titular da 1ª Vara Cível da Comarca de Camaquã e publicado na sexta-feira (24), com prazo máximo de 48 horas para ser cumprido.

A intenção é de que Nícolas passe por exames especializados, inclusive neurológicos, por conta de possíveis traumas que podem ter sido sofridos com a batida. O município e o Governo do Estado aparecem como réus no caso, já que é atribuído a eles a prestação de serviços na área da saúde. Caso este prazo não seja respeitado, tanto o Estado quanto Camaquã podem sofrer sanções, como o bloqueio de recursos.

MAIS NOTÍCIAS

LAVAGEM FERNANDES
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
Petroman
ROGÉRIO CALÇADOS
RÁDIO SÃO JOSÉ
ELETRO CLIC
ART MÓVEIS
ADRIANO CONRADO
GRUPO WHATSAPP
SUPER SÃO JOSÉ
OLIDATA
FUNERÁRIA BOM PASTOR
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +