Justiça

Justiça define transferência de jovem envolvido no acidente com a BM na última quarta

O prazo estipulado pelo juiz para o cumprimento da ação se encerra no final do domingo (26)
26/01/2020 - 13h37min Atualizada em 27/01/2020 - 12h12min Matheus Garcia / Blog do Juares Corrigir

A justiça determinou que Nicolas Wellington dos Santos Viegas (21), jovem sobrevivente do acidente com a Brigada Militar, ocorrido na última quarta-feira (22), em Camaquã, deve ser removido até o final deste domingo (26). A transferência será feita para um hospital de média a alta complexidade mais próximo. O Estado tem que fornecer a vaga pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas caso isso não aconteça, a família buscará leito em um hospital particular e o RS terá que arcar com as despesas.

O despacho foi assinado pelo juiz de direito Luiz Otávio Braga Schuch, titular da 1ª Vara Cível da Comarca de Camaquã e publicado na sexta-feira (24), com prazo máximo de 48 horas para ser cumprido.

A intenção é de que Nícolas passe por exames especializados, inclusive neurológicos, por conta de possíveis traumas que podem ter sido sofridos com a batida. O município e o Governo do Estado aparecem como réus no caso, já que é atribuído a eles a prestação de serviços na área da saúde. Caso este prazo não seja respeitado, tanto o Estado quanto Camaquã podem sofrer sanções, como o bloqueio de recursos.

MAIS NOTÍCIAS

ADRIANO CONRADO
JENIFER
SUPER SÃO JOSÉ
Petroman
ALEXANDRE AR CONDICIONADO
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
GRÁFICA.COM
ART MÓVEIS
FUNERÁRIA JARDIM
JOMAR GÁS
OLIDATA
ELETRO CLIC
ECONÔMICA MÓVEIS E ELETRO
ROGÉRIO CALÇADOS
PEGLOW
FUNERÁRIA BOM PASTOR
Tocando agora: Relembre bons momentos
Diminuir/Aumentar Fonte: Fonte: A - A +