Justiça

Ministério Público denuncia três pessoas por morte de jovem em parada de ônibus em Porto Alegre

Cristiane da Costa dos Santos tinha 20 anos e foi morta com um tiro no peito
10/11/2021 - 16h31min Ascom Ministério Público RS / Edição: Redação Blog do Juares Corrigir

O Ministério Público do Rio Grande do Sul denunciou três pessoas pela morte de Cristiane da Costa dos Santos, de 20 anos, assassinada no dia 23 de setembro em uma parada de ônibus no bairro Cristal, em Porto Alegre.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Os réus foram acusados por roubo, latrocínio (roubo seguido de morte) e associação criminosa. Um deles vai responder também por posse irregular de munição de arma de fogo de uso permitido. A denúncia foi protocolada no Poder Judiciário na segunda-feira (8).

Conforme a denúncia, o trio “em comunhão de esforços e vontades, mediante grave ameaça exercida com emprego de arma de fogo”, assaltou seis pessoas que esperavam ônibus por volta das 19h20 daquele dia. Cristiane estava entre as vítimas e acabou atingida com um tiro no peito. A principal hipótese da investigação é de que a jovem teria se atrapalhado no momento de entregar o aparelho aos assaltantes e por isso acabou sendo morta.

Os denunciados fugiram levando quatro celulares. Eles se deslocaram de carro até próximo ao local dos crimes, estacionaram e dois deles desceram, ambos armados com armas de fogo, e foram até a parada de ônibus onde estavam as vítimas. O terceiro denunciado, uma mulher, permaneceu no veículo aguardando o retorno de seus comparsas para assegurar a fuga.

Na sequência, a dupla que desceu do carro aproximou-se das vítimas e anunciou o assalto, exigindo que todos entregassem os aparelhos de telefone celular. Antes de voltar para o automóvel e fugir, a dupla atirou contra Cristiane.

Dois dos suspeitos estão presos. Um deles foi detido no dia 7 de outubro, no bairro Sarandi, zona norte da Capital. O outro foi localizado e preso em São Nicolau, no Noroeste, em 12 de outubro. A mulher foi detida em 28 de outubro, após imagens de câmeras de segurança indicarem a participação dela no crime. Ela é suspeita de ter sido responsável por levar os dois até o local do assalto em um Fiesta, e depois resgatar a dupla, permitindo que eles fugissem. Com a investigada, foi apreendido celular que mostra troca de mensagens com outro suspeito sobre o latrocínio. 

O trio já havia sido indiciado pela Polícia Civil no dia 27 de outubro. A polícia pediu a prisão preventiva dos três, o que foi determinado pelo Judiciário. O caso tramita na 16ª Vara Criminal de Porto Alegre

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, clicando aqui!

Ou participe do nosso grupo no Telegram clicando aqui!

Siga o Blog do Juares no Google News e recebe notificações das últimas notícias em seu celular, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

ART MÓVEIS
PIX
CÂMERAS EXTERNAS
FUNERÁRIA CAMAQUENSE
MÁRIO SERRALHEIRO
OLIDATA
KNN IDIOMAS
ELETRO CLIC
DR. JOÃO BATISTA
FUNERÁRIA BOM PASTOR
SUPER SÃO JOSÉ