Games

CS:GO: Com FURIA, pro-players e amadores, Brasil recebe decisão de torneio inédito

Red Bull Flick desafia duplas em formato inédito e mapas exclusivos neste domingo (1), a partir das 11 horas, com transmissão ao vivo
30/07/2021 - 15h39min Corrigir

Com a presença de pro-players da FURIA e transmissão ao vivo, o Red Bull Flick, torneio inédito de CS:GO com mapas exclusivos, chega à grande decisão brasileira. Neste domingo (1), quatro duplas se enfrentam visando ao título nacional da competição. E entre os competidores, algumas histórias chamam bastante atenção.

Inscreva-se em nosso novo canal do YouTube ACESSE AQUI!

Pro-player na Red Dragons, Rodrigo ‘proSHOW’ Guluzian forma o time ‘Desesperado’ ao lado de Matheus ‘kurg4n’ Dantas. Fã de FalleN e formado em Engenharia da Computação, proSHOW tem uma grande história ligada ao CS e à FURIA. Na seletiva para entrar na FURIA Academy, ele era o único AWPer em meio aos 600 players. Durante a peneira, sua mãe lutava contra um câncer, e o tratamento exigia muitos esforços físicos e psicológicos. Dois dias após ser aprovado, perdeu a mulher que tanto o inspirava. Na mesma semana, ainda teve forças de ir para um campeonato e ser campeão. Em novembro do ano passado, ele deixou o time, contudo, carrega as lembranças e contatos com arT, kscerato e yuurih na memória.

Aliás, por pouco a equipe quase nem participa da competição. Tanto proSHOW quanto kurg4n tinham outras duplas. Faltando poucos minutos para o fechamento das inscrições, seus duos sumiram e, como estavam em contato, formaram a equipe, cujo nome é Desesperado devido à correria final.

Outra dupla que conta com pro-players é a ‘Chosa Heidan’. Patrick ‘detr0ittJ’ Carvalho atua pela Black Dragons e, no Red Bull Flick, convidou seu irmão Erick ‘Lich’ para ser seu duo. Após encarar GC Master e CBCS, quer faturar também um título inédito no Brasil. “Os mapas e o estilo de jogo foram o charme do campeonato. É algo que eu nunca havia visto antes no CS. Eu gostei muito do modo de jogo. E, na verdade, foi meu irmão quem me mostrou o CS. Ele é muito bom, então, quando fui escolher minha dupla, ele estava entre as opções’, afirma Patrick.

Entre os amadores, quem promete chamar atenção é o Dorms Gaming. E o time mostra que o jogo vai muito além das telas e do teclado. Thiago ‘4NTEDEGUEM0N’ Giffoni é bastante tímido, contudo, por meio do CS:GO, ele conseguiu se tornar mais desenvolto e comunicativo. Ao lado de Marcelo ‘CeloNoFear’ Santiago, forma a equipe brasiliense, única representante do Centro-Oeste na competição. Já o ‘tomadosgu’, de Lucas ‘vish’ Laudeauzer e Gabriel ‘fearGp’ Pinheiro, fez a conexão Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul para entrar na competição.

 

Prepare a emoção 

Sob comando de Octavio Neto e Ana Xisdê, as duplas já começam o domingo (1) encarando as semifinais do Red Bull Flick, cujo formato de disputa é o MD3 (melhor de três). Os duos que avançarem se enfrentarão na decisão inédita, mas, desta vez, no sistema MD5 (melhor de cinco). Os campeões vão faturar o primeiro troféu brasileiro do evento, assim como outros prêmios especiais.

A partir das 11h (horário de Brasília), pelos perfis da Twitch ( https://www.twitch.tv/redbullpt ) e TikTok ( https://www.tiktok.com/@redbullbr ) da Red Bull, além dos perfis da TNT Sports no Facebook e Youtube e aplicativo TNT Sports, o público pode acompanhar todas as emoções. E, às 13h30 (horário de Brasília), o canal Space exibirá a grande decisão.

Sob olhares da FURIA

Para garantir energia extra aos participantes, a line up feminina de CS:GO da FURIA estará presente no evento, assim como ícones do time masculino, como kscerato e yuurih. Antes da grande decisão, as duplas tiveram oportunidade de vivenciar uma experiência única nas carreiras: mentoria com pro-players da organização de esports. Na ocasião, puderam receber dicas sobre o cenário de alto rendimento e como melhorar o nível de jogo.

Sobre o Red Bull Flick 

Idealizado pela Turquia, o Red Bull Flick se conectou aos servidores brasileiros nesta temporada de modo inédito. Com mais de 500 times inscritos, o evento desafia os participantes em um conceito exclusivo, com oito mapas – também conhecidos por ‘arenas’ – personalizados. Em duplas, os players têm como objetivo principal controlar pontos de captura no mapa durante certo período de tempo, sendo que o ponto de captura muda a cada 30 segundos. Haverá um sistema de contagem regressiva de tickets para trackear a pontuação e, quando os tickets de um time se esgotam, ele perde o jogo.

A temática da competição se inicia no planeta BU-11, com cada vitória levando as duplas para mais perto de seu destino final, a arena do playoff no WI-nG: 5. A jornada de cada duo começa no mapa "City Palace" e, assim, vai evoluindo. As duplas terão que lutar para não serem esquecidas e evitar sucumbir aos arquivos digitais.

O Red Bull Flick ainda conta com a parceria global da AOC e parcerias locais da Adidas e Aorus. No Brasil, a BBL e-Sports foi a organizadora do evento.

Para receber as notícias gratuitamente e em tempo real participe do nosso grupo de WhatsApp, acessando aqui!

MAIS NOTÍCIAS

FUNERÁRIA CAMAQUENSE
SUPER SÃO JOSÉ
ELETRO CLIC
FUNERÁRIA BOM PASTOR
CÂMERAS EXTERNAS
ART MÓVEIS
MÁRIO SERRALHEIRO
PIX
OLIDATA
SERVI
KNN IDIOMAS