Colunistas

Nilton Moreira - Estrada Iluminada

Nilton Moreira - Estrada Iluminada

Nilton Moreira é inspetor de polícia do RS e mantém coluna com o título Estrada Iluminada em Jornais, Portais e Blogs.

Telefone: (55) 99919 0332.

Caminhão compactador

29/01/2022 - 15h13min Nilton Moreira / Foto: Divulgação

Causa estranheza que até hoje o homem ainda não conseguiu promover totalmente uma reciclagem de acordo com o momento que está vivendo, apesar de estudos, avanço das academias e reuniões periódicas, pouco evoluímos na área ambiental, principalmente no que diz respeito a destinação dos resíduos sólidos. Até embalagens utilizam-se as do mercado, pois milhões de pessoas não dispõem de recurso para comer, quanto mais para comprar sacolas!

Estudos demonstram que o plástico demora em torno de 450 anos para se decompor, o alumínio pode permanecer até 500 anos enterrado e uma fralda descartável comum em torno de 450 anos.

Certamente vamos partir desta vida e reencarnarmos daqui algum tempo e nos depararemos com todos estes resíduos que estão espalhados pelos mais diversos locais, produzindo poluição de rios e por consequência águas que em muitas cidades abastecem as adutoras. Poderemos no futuro ter um Planeta evoluído moralmente, com pessoas com mais amor ao próximo, mas ver resíduos eclodindo a nosso redor.

Lavoisier no século XVII já disse a emblemática frase “na natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. Ele estava nos chamando a atenção para a necessidade de reciclar.

Mas sabemos que o comércio ligado a resíduos sólidos rende muito dinheiro, e tem muitos interesses, pois que existe grande quantidade de empresas que exploram essa atividade, inclusive empregando muitas pessoas, tanto que no passado os resíduos eram denominados de cisco, lixo, e hoje são tratados de resíduos sólidos.

Mas o que causa surpresa é que campanhas são realizadas para que separemos o “lixo” em nossas casas, mas por ocasião da coleta vemos em muitas cidades ainda sendo utilizado caminhão compactador. Ora, este tipo de transporte inviabiliza qualquer atividade de aproveitamento futuro, pois são esmagados na nossa frente vidros, plásticos, latas, em meio a sacolinhas plásticas.
É elogiável aquelas prefeituras que colocam em suas licitações cláusula que impede de participar prestador de serviço que utilize caminhão compactador para recolhimento dos resíduos.

Não devemos lavar embalagens em nossas residências, pois a água é um bem maior e já falta em alguns países!

Façamos nossa parte. Continuemos separando os resíduos, pois que aos poucos vamos encontrando o caminho da evolução nesse campo, e certamente teremos um Planeta melhor para quando retornarmos em uma outra vida.

MAIS COLUNAS

MIX BEBIDAS
MIX BEBIDAS
Ouça a BJ Rádio Web

Está claro demais aqui? O Blog do juares agora conta com o modo escuro. Aperte na lâmpada e apague a luz!